Rudbari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santo Rudbari
Místico
Nascimento c. 850-70 d.C.
Morte c. 933-40 d.C. em Bagdá
Veneração por Islã
Atribuições Influências: Maomé, Junayd Baghdadi
Gloriole.svg Portal dos Santos


Abu Ali al-Rudbari (em persa: ابو علی رودباری), também conhecido como Rudbari, foi um famoso persa santo sufi[1] primitivo do século 9. Reivindicou ascendência do rei sassânida Anushiravan e foi, juntamente com Mansour al-Hallaj, discípulo de Junayd Baghdadi.

As declarações de Rudbari são recontadas em muitos provérbios do mundo islâmico. Um de seus mais famosos provérbios é:

Nenhuma prisão confina mais intimamente do que a sociedade daqueles cuja perspectiva é contrária a si próprio.[2]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Murtaza Muṭahharī, "Understanding Islamic sciences: philosophy, theology, mysticism, morality, jurisprudence", ICAS Press, 2002
  2. Jāmī, Ghazzālī, Idries Shah, "Four Sufi classics ", Published for the Sufi Trust by the Octagon Press, 1980

Leitura aprofundada[editar | editar código-fonte]

  • Murtaza Muṭahharī, "Understanding Islamic sciences: philosophy, theology, mysticism, morality, jurisprudence", ICAS Press, 2002