Sambucus ebulus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaSambucus ebulus
sabugueiro-anão, ébulo
Inflorescência de S. ebulus

Inflorescência de S. ebulus
Classificação científica
Reino: Plantae
Subreino: Tracheobionta
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Asteridae
Ordem: Dipsacales
Família: Adoxaceae
Género: Sambucus
Espécie: S. ebulus
Nome binomial
Sambucus ebulus
L.
Hábito da planta.

Sambucus ebulus L., conhecido pelos nomes comuns de sabugueiro-anão ou ébulo,[1] [2] é uma espécie herbácea pertencente à família Adoxaceae, nativa do centro e sul da Europa e do sudoeste da Ásia.

Características[editar | editar código-fonte]

Cresce até 1–2 m de altura, com caules erectos, usualmente sem ramificação, em grandes grupos unidos por um extenso e perene sistema de rizomas subterrâneos. As folhas são opostas e pinadas, com 15–30 cm de comprimento e 5-9 folíolos. Os caules e as folhas apresentam um aroma fétido.

Os caules terminam num corimbo de 10–15 cm de diâmetro, com numerosas flores brancas (ocasionalmente rosadas). O fruto é uma baga tóxica, de coloração negra, pequena e globosa, com 5–6 mm de diâmetro.

A planta é utilizada em medicina tradicional, sendo-lhe atribuídas propiedades sudoríficas, diuréticas e laxantes.[3]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A espécie Sambucus ebulus foi descrita por Lineu e publicada na obra Species Plantarum 1: 269. 1753.[4] A etimologia do nome genérico Sambucus deriva da palavra grega sambuke, a designação de um instrumento musical feito de madeira de sabugueiro e o nome utilizado por Plínio para uma árvore possivelemente relacionads com o sabugueiro.[5]

ebulus: epíteto

sinonímia

Notas

  1. Ficha na página do Jardim Botânico da UTAD.
  2. Sambucus ebulus Real Jardín Botánico: Proyecto Anthos. Visitado em 24 de noviembre de 2009.
  3. En Infojardín
  4. Sambucus ebulus Tropicos.org. Missouri Botanical Garden. Visitado em 27 de junio de 2013.
  5. En Nombres Botánicos
  6. Sinónimos em Tela Botánica

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. AFPD, 2008. African Flowering Plants Database - Base de Donnees des Plantes a Fleurs D'Afrique.
  2. Fernald, M. 1950. Manual (ed. 8) i-lxiv, 1-1632.
  3. Gleason, H. A. 1968. The Sympetalous Dicotyledoneae. Ill. Fl. N. U.S. (ed. 3) vol. 3. 596 pp.
  4. Gleason, H. A. & A. Cronquist 1991. Man. Vasc. Pl. N.E. U.S. (ed. 2) i-lxxv, 1-910.
  5. Scoggan, H. J. 1979. Dicotyledoneae (Loasaceae to Compositae). Fl. Canada Part 4. 1117–1711 pp..

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sambucus ebulus
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Sambucus ebulus