Santiago de Alcântara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Santiago de Alcântara
Santiago de Alcántara
 
—  Município  —
Santiago de Alcântara está localizado em: Espanha
Santiago de Alcântara
Localização de Santiago de Alcântara na Espanha
Santiago de Alcântara está localizado em: Estremadura (Espanha)
Santiago de Alcântara
Localização de Santiago de Alcántara na Estremadura
39° 36' 20" N 7° 14' 39" O
Comunidade autónoma Estremadura
Província Cáceres
Área
 - Total 95,56 km²
Altitude 342 m (1 122 pés)
População (2012)
 - Total 615
    • Densidade 6,44/km2 
Gentílico: santiaguenh@s
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código postal 10510

Santiago de Alcântara (em castelhano: Santiago de Alcántara) é um município raiano da Espanha na província de Cáceres, comunidade autónoma da Estremadura, de área 95,56 km². Em 2012 tinha 615 habitantes (densidade: 6,4 hab./km²).

Em Santiago de Alcântara ficam situadas as ruínas do castelo de Cabeza de Esparragal ou da Comenda do Esparregal – o castelo do Esparregal referido no texto do Tratado de Alcanizes.

Tal como nas vizinhas Ferreira de Alcântara e Cedilho, a influência do português faz-se sentir em muitas palavras e expressões [1].

História[editar | editar código-fonte]

Santiago de Alcântara provém de uma colónia romana que ocupou um sítio denominado Eras de Ulloa, a quatro quilómetros a sul da aldeia atual, com o objetivo de procurar ouro no rio “Aurela”, de onde recebe o seu nome, e de onde se encontraram vestígios da dita colónia. A antiguidade deste povoado não é possível de ser apurada com exatidão, já que os arquivos paroquiais e municipais têm lacunas e existem documentos em falta. Em 1172 Santiago foi conquistada aos mouros pelos cavaleiros da ordem que lhe veio a dar nome, Ordem de Santiago e de Alcántara. Ainda é fácil descobrir ossos humanos naquele que era então o cemitério. Mais tarde é construído no lugar um castelo chamado “Castillo da Comenda de Esparregal”, do qual hoje apenas restam as fundações. O “Castelo”, como se conhece popularmente, pertenceu à Ordem militar de Alcántara. O povoado, por necesidades agrícolas, veio a desmembrar-se, deslocando-se parte da população para a atual aldeia de Santiago e a outra ficando no chamado “Santiago o Velho”, o qual veio a desaparecer nas lutas com os portugueses. Estas disputas com os vizinhos lusitanos eram contínuas e parecem resurgir olhando para o “Vale do sangue”. A inícios do século XIX, a aldeia passou a denominar-se “Santiago de Carbajo”, nome que se modificou em 1960, para dar lugar ao atual.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
923 818 718 705

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.