Cáceres (Espanha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Cáceres  
—  Município  —
Plaza Mayor, com a Torre Bujaco à esquerda
Plaza Mayor, com a Torre Bujaco à esquerda
Bandeira de Cáceres
Bandeira
Brasão de armas de Cáceres
Brasão de armas
Cáceres está localizado em: Espanha
Cáceres
Localização de Cáceres na Espanha
Cáceres está localizado em: Estremadura (Espanha)
Cáceres
Localização de Cáceres na Estremadura
39° 28' 31" N 6° 22' 16" O
Comunidade autónoma Estremadura
Província Cáceres
Fundação 29 a.C.
 - Alcaide Elena Nevado del Campo (2011, PP)
Área
 - Total 1 768 km²
Altitude 459 m (1 506 pés)
População (2012)
 - Total 95 668
    • Densidade 54,11/km2 
Gentílico: Cacereño/ -a
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código postal 10001 - 10005
Sítio www.ayto-caceres.es
A Plaza Mayor vista da Torre Bujaco.

Cáceres é um município de Espanha na província de Cáceres, comunidade autónoma da Estremadura, de área 1 768 km². Em 2012 tinha 95 668 habitantes (densidade: 54,1 hab./km²). A cidade está ligada à rede ferroviária portuguesa através do Ramal de Cáceres.

História[editar | editar código-fonte]

A presença humana no território que hoje em dia corresponde à cidade de Cáceres remonta à Pré-história. Na zona de Calerizo existem várias escavações onde foram encontradas pinturas de mãos humanas com a particularidade de ter o dedo mindinho amputado.

Mas foi, sem dúvida, no século I a.C., aquando da fundação romana, da capital administrativa do local, Norba Cesarina, junto da via de comunicação mais importante da zona (depois conhecida como Via da Prata), que a cidade conheceu os primeiros tempos de prosperidade. No século V d.C., os visigodos arrasaram a cidade e até ao século IX não se ouviu mais falar de Cáceres.

Os muçulmanos aproveitaram a localização estratégica, na qual tinha assentado a colónia romana, para construir uma base militar para fazer frente aos cristãos vindos do norte durante a época da Reconquista. A denominação árabe do território é incerta, mas entre elas Hizn Qazrix o Al Qazrix é o nome mais provável.

No século XII, devido ao avanço dos cristãos, a cidade foi fortificada com uma muralha de adobe. Esta não serviu de muito pois o rei Afonso IX, monarca do Reino de Leão, tomou a cidade anos depois a 23 de Abril de 1229, dia de São Jorge, que desde então é o padroeiro da cidade.

A partir desse momento, Cáceres começa a transformar-se, construindo igrejas no lugar das mesquitas e palácios cristãos sobre os palácios muçulmanos. Com algumas modificações desde o século XVIII, a cidade chega aos nossos dias quase sem alterações, sendo uma das cidades monumentais mais bem conservadas do Mundo.

Clima[editar | editar código-fonte]

As suas temperaturas médias no Inverno não ultrapassam os 10 °C de máxima, chegando a mínimas de -5 °C. No Verão a temperatura média ascende aos 35°C de máxima e mínima de 20°C. Possui precipitações elevadas nos meses de Outubro, Novembro, Março, Abril e Maio.

Património[editar | editar código-fonte]

A cidade de Cáceres foi considerada o terceiro Conjunto Monumental Europeu em 1968 e Património da Humanidade pela UNESCO em 1986.

Entre outros monumentos podemos destacar:

Monumentos religiosos[editar | editar código-fonte]

Palácios[editar | editar código-fonte]

Museus[editar | editar código-fonte]

Elementos de fortificação[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
74589 77768 82716 88245

Localidades[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cáceres (Espanha)


Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.