Santorio Santorio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gravura de Santorio Santorio.

Santorio Santorio (* Capodistria, 29 de Março de 1561Veneza, 22 de Fevereiro de 1636), também conhecido como Santorio Santorii, Sanctorius de Pádua e outras combinações destes nomes, foi um professor, médico e fisiologista italiano. Foi professor em Pádua entre 1611 e 1624, onde realizou diversas experiências sobre temperatura, respiração e peso. Santorio estudou o que ele designou como " perspiração insensível", pioneiro no estudo do metabolismo.

Santorio Santorio na sua "cadeira-balança".

Durante trinta anos, Santorio tomou o seu peso e o de todos os alimentos e bebidas que ingeriu, assim como o peso da sua urina e fezes. Ele comparou o peso do que ingeriu com o das suas excreções, verificando que este último era menor. Formulou a sua teoria da "perspiração insensível" de modo a explicar essa diferença. Embora as suas descobertas tivessem pouco interesse científico, é ainda assim reconhecido pela sua metodologia empírica e famoso pela "cadeira-balança" que construiu para a sua experiência.

Santorio inventou alguns aparelhos usados em Medicina, como um termómetro clínico e o pulsilogium, a primeira máquina alguma vez usada na história da Medicina, com que seria possível medir o pulso de um paciente. Um século mais tarde, o médico de la Croix usou o pulsilogium para testar a função cardíaca. Santorio também inventou um colchão de água primitivo. Escreveu em 1614 o tratado De statica medicina, que foi publicado cinco vezes até 1737.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.