Sentença (lógica matemática)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em lógica matemática, uma sentença de uma lógica de predicados é uma fórmula bem formada com valor booleano e sem variáveis livres. Uma sentença pode ser vista como o expressar uma proposição, algo que possa ser falso ou então verdadeiro. A restrição de não possuir variáveis livres é necessária para assegurar que sentenças possam ter valores verdade concretos e fixos: Como as variáveis livres de uma fórmula (geral) podem assumir diversos valores, o valor verdade de tal fórmula pode variar.

Sentenças sem quaisquer conectivos lógicos ou quantificadores são conhecidas como sentenças atômicas; por analogia a fórmula atômica. Sentenças são, então, construídas a partir de sentenças atômicas por meio da aplicação de conectivos e quantificadores.

Um conjunto de sentenças é chamado de teoria; assim, sentenças individuais podem ser chamadas teoremas. Para avaliar corretamente a verdade (ou falsidade) de uma sentença, é preciso fazer referência a uma interpretação da teoria. Para teorias de primeira-ordem, interpretações são comumente chamadas estruturas. Dada uma estrutura ou interpretação, uma sentença tem um valor verdade fixo. Uma teoria é satisfatível quando todas suas sentenças são verdade.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

O exemplo a seguir está em lógica de primeira ordem.

\forall y\exists x (x^2=y)

é uma sentença. Essa sentença é verdadeira nos números reais positivos, falsa nos números reais e verdadeira nos números complexos. (Em português, essa sentença é interpretada para dizer que todo o número da estrutura é o quadrado de um membro daquela estrutura particular). Por outro lado, a fórmula:

\exists x(x^2=y)

não é uma sentença, por causa da pensença da variável livre y. Na estrutura dos números reais, essa fórmula é verdadeira se substituirmos (arbitrariamente) y = 2, mas falsa se y = -2.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Lógica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.