Siegbert Tarrasch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tarrasch
Informações pessoais
Nome completo Siegbert Tarrasch
Nascimento 5 de Março de 1862[1]
Breslávia
Nacionalidade Flag of Prussia 1892-1918.svg Reino da Prússia
Falecimento 17 de fevereiro de 1934 (71 anos)[1]
Títulos Grande Mestre (1914)
Conquistas
Nuremberga 1896 (3º)
Viena 1898 (1º)
Monte Carlo 1903 (1º)
Oostende 1907 (1º)

Siegbert Tarrasch (Breslávia, 5 de março de 1862  — Munique, 17 de fevereiro de 1934) foi um dos mais fortes enxadristas do fim do século XIX e início do século XX, chegou a ser um dos quatro melhores do mundo. Médico judeu e patriota alemão, perdeu o filho na Primeira Guerra Mundial. Por conta de sua longevidade, não escapou ao sofrimento das perseguições nazistas.

Tarrasch era um dos quatro melhores jogadores do mundo (junto com Steinitz, Lasker e Chigorin) por quase 20 anos até ele perder um título para Lasker em 1908. Ele ocupa uma única posição na literatura enxadrística e hoje é lembrado principalmente como um grande professor de xadrez. Sua palavra era lei. Unindo teorias de Morphy e Steinitz, ele pregou o valor da mobilidade e desenvolvimento rápido, pioneiro do ataque que pacientemenete acumulava pequenas vantagens até ele somar para uma grande pancada. Ele protegeu a Variante das Defesas Abertas da Ruy Lopez e da Francesa e a Defesa Tarrasch onde ele acreditava que a mobilidade das peças pretas resolveriam seu peão isolado da dama.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • GOLOMBEK, Harry. Golombek's Encyclopedia of chess (em ). 1ª. ed. São Paulo: Trewin Copplestone Publishing, 1977. ISBN 0-517-53146-1.
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
A Wikipédia possui o
Portal de Enxadrismo