Sijote-Alín

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Sijote-Alin Central *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Sopka in south Sikhote-Alin.JPG
País  Rússia
Tipo Natural
Critérios x
Referência 766
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 45° 20′ N 136° 10′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 2001  (25ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

O Sijote-Alin (em russo: Сихотэ́-Али́нь) é uma cadeia montanhosa em Primorsky e no Krai de Khabarovsk, Rússia, extendendo-se cerca de 900 km ao noroeste da Costa Pacífica da Rússia, no porto de Vladivostok. Os cumes mais altos são o Tordoki Yani (2,077 m), Monte Ko (2,003 m) em Krai de Khabarovsk e o Monte Anik (1,933 m) em Krai do Litoral.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sijote-Alin compreende uma das mais extraordinárias zonas temperadas do mundo. Espécies típicas da taiga do norte (como a rena e o urso Ussuri) coabitam com espécies tropicais como o Leopardo-de-amur, o Tigre-siberiano e o urso-negro-asiático. A região ainda abriga poucos lobos, graças aos frequentes duelos com os tigres.[1] A árvore mais velha da região é uma Taxus cuspidata milenar.[2]

UNESCO[editar | editar código-fonte]

A região Central do Sijote-Alin foi inclusa como Patrimônio Mundial da UNESCO por possuir "uma das mais ricas e incomuns florestas temperadas do mundo"[3]

Referências

  1. savethetigerfund.org. Tigers and Wolves in the Russian Far East: Competitive Exclusion, Functional Redundancy, and Conservation Implications. Página visitada em 9/7/2008.
  2. http://adm.khv.ru/invest2.nsf/pages/ru/rehabcentre.htm Nature Monument "Sikhote - Alin". Center for Wildlife Rehabilitation "UTES" (russo)
  3. UNESCO. Página visitada em 1/10/2013.