Skyline (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Skyline
Skyline - O Alvo Somos Nós[1]  (PT)
Skyline - A Invasão (BR)
Pôster do filme.
 Estados Unidos
2010 • cor • 100 min 
Direção Brothers Strause
Produção Brothers Strause
Kristian Andresen
Liam O'Donnell
Brett Ratner
Roteiro Joshua Cordes
Liam O'Donnell
Elenco Eric Balfour
Scottie Thompson
Donald Faison
Gênero Ficção científica
Idioma inglês
Música Matthew Margeson
Cinematografia Michael Watson
Edição Nicholas Wayman-Harris
Estúdio Rogue Pictures
Relativity Media
Hydraulx Entertainment
Black Monday Film Services
Distribuição Estados Unidos Universal Pictures
Reino Unido Paramount Pictures
Austrália Hopscotch Films
Brasil PlayArte
Lançamento Austrália 11 de novembro de 2010
Estados Unidos 12 de novembro de 2010
Brasil 3 de dezembro de 2010
Portugal 30 de Dezembro de 2010
Orçamento US$ 10 milhões
Receita US$ 66 821 036[2]
Página no IMDb (em inglês)

Skyline (Skyline - O Alvo Somos Nós (título em Portugal) ou Skyline: A Invasão (título no Brasil)) é um filme de ficção científica de 2010, cujo tema é uma invasão alienígena, dirigido e produzido pelos Brothers Strause.[3] O filme foi lançado em 12 de novembro de 2010 na América do Norte e em 3 de dezembro de 2010 no Brasil. É estrelado por Eric Balfour, Scottie Thompson, Donald Faison e David Zayas.[4] Os Brothers Strause afirmaram que Skyline é o primeiro filme de uma saga cinematográfica que incluirá, pelo menos, um outro filme.[5] A sequela de Skyline, intitulada Beyond Skyline, já se encontra em produção e terá o ator Frank Grillo como protagonista.[6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Enquanto milhares de habitantes são abduzidos ao redor da Terra por alíenigenas, um grupo de amigos tenta sobreviver à invasão.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Skyline tem recepção desfavorável por parte da crítica especializada e audiência. Com o Tomatometer 15% em base de 79 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "Uma entrada de sci-fi mediano, Skyline oferece a prova de que efeitos especiais sólidos por si só não pode superar um enredo apartado, cheio de diálogos sem inspiração". Por parte da audiência do site tem 18% de aprovação.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]