The Angry Red Planet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Angry Red Planet
O planeta vermelho ameaçador
(título para TV a cabo)
 (BR)
 Estados Unidos
1959 • cor • 83 min 
Direção Ib Melchior
Roteiro Sidney W. Pink
Ib Melchior
Elenco Gerald Mohr
Naura Hayden
Jack Kruschen
Les Tremayne
Género Ficção científica
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Angry Red Planet, também conhecido como Invasion of Mars e Journey to Planet Four e no Brasil como O Planeta vermelho ameaçador é um filme estadunidense de 1959 do gênero ficção científica co-escrito e dirigido por Ib Melchior. O diretor teve 10 dias para as filmagens, com um orçamento de US$200.000,00.

O filme traz uma técnica chamada de CineMagic, usada em todas as cenas da superfície de Marte. Foi uma tentativa de fazer com que desenhos animados parecessem reais em filmes com atores. Apesar de mal-sucedida, o produtor Norman Maurer voltou a usar a mesma técnica em The Three Stooges in Orbit.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Gerald Mohr Coronel Thomas O'Bannion
Naura Hayden Dra. Iris 'Irish' Ryan
Les Tremayne Prof. Theodore Gettell
Jack Kruschen Sam Jacobs
Paul Hahn Maj. Gen. George Treegar
J. Edward McKinley Prof. Paul Weiner
Tom Daly Dr. Frank Gordon
Ted Cassidy voz de marciano (não creditado)

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O primeiro foguete tripulado enviado à Marte, o MR-1, retorna a Terra trazido por controle remoto após ter ficado perdido no Espaço e sem comunicação pelo rádio.

Ao conseguirem aterrissar o foguete numa base em Nevada, os cientistas descobrem que apenas dois dos quatro tripulantes estão vivos: a Dra. Iris Ryan, que sofreu um bloqueio mental; e o coronel Tom O'Bannion, em coma com uma estranha gosma verde no braço. Procurando descobrir o que aconteceu, os cientistas tentam romper o bloqueio da Dra. Ryan. Quando conseguem, ela lhes conta uma exploração acidentada da superfície marciana, repleta de ataques de monstros e plantas carnívoras alienígenas, mas também com a descoberta de uma cidade futurista, confirmando que os marcianos possuem civilizações avançadas.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • A criatura "Rato-Morcego-Aranha" aparece na capa do álbum da banda Misfits, Walk Among Us. Também é vista no vídeo do Iron Maiden para a canção "The Number of the Beast".
  • A escolha de um número de quatro tripulantes para o foguete, três homens e uma mulher, é similar a da história de origem do Quarteto Fantástico, publicada em 1961. Além disso, um dos personagens do filme é fã de uma revista chamada "Super Fantastic".

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Wingrove, David. Science Fiction Film Source Book (Longman Group Limited, 1985)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]