The Phantom (seriado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Phantom
O Fantasma Voador[1]  (BR)
 Estados Unidos
1943 • p&b • 15 capítulos, 299 min 
Direção B. Reeves Eason
Produção Rudolph C. Flothow
Roteiro Morgan Cox
Victor McLeod
Leslie Swabacker
Sherman L. Lowe
Lee Falk (personagem)
Ray Moore (personagem)
Elenco Tom Tyler
Jeanne Bates
Kenneth MacDonald
Ace the Wonder Dog
Gênero aventura, super-herói
Idioma inglês
Música Lee Zahler
Direção de arte George Van Marter
Cinematografia James S. Brown Jr.
Edição Henry Adamas
Dwight Caldwell
Estúdio Columbia Pictures
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 24 de dezembro de 1943
Cronologia
Último
Último
Batman (1943)
The Desert Hawk (1944)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Phantom é um seriado estadunidense de 1943 produzido pela Columbia Pictures. Baseado no personagem das histórias em quadrinhos The Phantom, de Lee Falk, estrelava Tom Tyler no papel principal, além de Jeanne Bates como a namorada do Fantasma, Diana Palmer, e "Ace the Wonder Dog", um cão pastor-alemão denominado Devil (que era um lobo na revista original).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Professor Davidson planeja uma expedição para encontrar a Cidade Perdida de Zoloz. A localização da cidade está contida em sete peças de marfim, das quais três Davidson já possui. Doutor Bremmer, no entanto, pretende encontrar a cidade perdida e usá-la como uma base aérea secreta para o seu país sem nome. Para removê-lo como um obstáculo, ele mata O Fantasma, apenas para que seu filho que retornou recentemente, Geoffrey Prescott, possa herdar a identidade da família e assumir o manto de O Fantasma.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Como a maioria dos seriados, o filme teve um orçamento relativamente baixo. Na série, o nome real do Fantasma é Geoffrey Prescott, enquanto nas histórias em quadrinhos, seu verdadeiro nome é Kit Walker, devido ao nome do "Kit" não ter sido utilizado até aquela época. Aqui, quando está usando a sua fantasia com chapéu, óculos escuros e um casaco de modo a se introduzir na civilização discretamente, o Fantasma pede a Singapura Smith para chamá-lo de "Walker".

A maioria da série foi filmada nas colinas de Hollywood, que foi encarada como a selva africana.

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Home media[editar | editar código-fonte]

A série foi lançada em um DVD duplo pela VCI Video em 2001 (reutilizando a arte da capa de sua versão anterior em VHS), com um comentário do escritor Max Allan Collins, bem como outras características especiais, incluindo biografia do ator, galeria de fotos e galeria de histórias em quadrinhos.

Grande parte do diálogo de um dos capítulos (Capítulo 11) tiveram que ser re-dublados por novos atores, por causa de danos na trilha sonora do negativo do filme original, danificada pelo tempo.

Uma outra edição em DVD foi lançada exclusivamente para a Austrália, em 2005, com um comentário do editor-chefe Jim Shepherd, da Frew Publications.

Crítica[editar | editar código-fonte]

De acordo com Harmon e Glut: "Unquestionably, The Phantom was one of Columbia's better serials... a task in casting, settings, and mood totally missing in such disasters as Batman from the same studio"[6] [3] ". Cline escreveu que a caracterização de Tyler, em seu último papel em seriado, foi mais vívida do que em Adventures of Captain Marvel, mas um pouco menos memorável[7] ”.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Em 1955, a Columbia Pictures filmou uma sequência de O Fantasma[8] , na época com John Hart[9] [1] no papel outrora de Tom Tyler, que morrera em 1954. A série estava sendo muito bem produzida quando o produtor Sam Katzman descobriu que os direitos da Columbia Pictures para o personagem haviam expirado, e o proprietário King Features não estava disposto a renová-los. Katzman apressadamente transformaria Return of the Phantom em The Adventures of Captain Africa[10] [11] .

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. The Sign of the Skull
  2. The Man Who Never Dies
  3. A Traitor's Code
  4. The Seat of Judgment
  5. The Ghost Who Walks
  6. Jungle Whispers
  7. The Mystery Well
  8. In Quest of the Keys
  9. The Fire Princess
  10. The Chamber of Death
  11. The Emerald Key
  12. The Fangs of the Beast
  13. The Road to Zoloz
  14. The Lost City
  15. Peace in the Jungle

Fonte:[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Mattos, A. C. Gomes de. Cinemin n. 9. [S.l.]: Rio de Janeiro: EBAL. 44-45 pp.
  2. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. p. 26. ISBN 078640471X.
  3. a b Harmon, Jim; Donald F. Glut. The Great Movie Serials: Their Sound and Fury. [S.l.]: Routledge. 268–270 pp. ISBN 9780713000979.
  4. Pat O’Malley no IMDB
  5. George Chesebro no IMDB
  6. "Sem dúvida, o Fantasma foi um dos melhores seriados da Columbia ... uma tarefa de elenco, configurações e humor totalmente ausentes em desastres como Batman do mesmo estúdio
  7. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. p. 83. ISBN 078640471X.
  8. do New York Times
  9. Posteriormente, Hart foi o intérprete de Lone Ranger por um tempo, em substituição a Clayton Moore, então em greve
  10. Comic Book Marketplace #121, May 2005, Gemstone Publishing.
  11. No Brasil, “Capitão África, o Vencedor”
  12. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. 236–237 pp. ISBN 078640471X.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • MATTOS, A. C. Gomes de (2003), A Outra Face de Hollywood: Filme B, Rio de Janeiro: Rocco. ISBN 85-325-1496-0

Ligações externas[editar | editar código-fonte]