O Prisioneiro de Zenda (filme de 1952)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Prisoner of Zenda
O Prisioneiro de Zenda (PT/BR)
 Estados Unidos
1952 • cor • 96 min 
Direção Richard Thorpe
Roteiro Edward Rose
Wells Root
Noel Langley
John L. Balderston (roteiro)
Donald Ogden Stewart
Anthony Hope (folhetim)
Elenco Stewart Granger
Deborah Kerr
James Mason
Género capa e espada
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

O Prisioneiro de Zenda (em inglês: The Prisoner of Zenda) é um filme estadunidense de 1952, do gênero aventura de capa-e-espada, dirigido por Richard Thorpe. Com roteiro baseado em folhetim homônimo de Anthony Hope, o filme é um remake da versão cinematográfica clássica de 1937. Apesar de Stewart Granger não convencer muito no papel duplo, o filme é lembrado por contar em sua cena final com um dos melhores duelos de floretes da história do gênero.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O turista inglês Rudolf chega a Ruritânia, um país fictício da Europa Central, onde logo causa espanto pela semelhança de seu rosto com o do herdeiro do trono real, também chamado Rudolf. O turista e o futuro monarca acabam se encontrando durante uma caçada, na qual o inglês revela que é um primo distante do herdeiro. Este então convida o primo para uma bebedeira em seu chalé, às vésperas da coroação. Mas o herdeiro é drogado pela camareira, sob as ordens de um traidor, e Rudolf, o turista, é convencido a comparecer à coroação no lugar do herdeiro, pois senão o país ficará sob o controle do traidor. Ao fim da celebração, Rudolf tem que continuar fingindo ser o rei, pois o verdadeiro monarca foi sequestrado e corre risco de perder a vida.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.