The Vanishing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Vanishing
 Estados Unidos
 • cor • 109 min 
Direção George Sluizer
Produção Larry Brezner
Pieter Jan Brugge
Roteiro Todd Graff
Elenco Jeff Bridges
Kiefer Sutherland
Nancy Davis
Sandra Bullock
Gênero Suspense
Idioma inglês
Música Jerry Goldsmith
Cinematografia Peter Suschitzky
Edição Bruce Green
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 5 de fevereiro de 1993
Receita US$14.543.394[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Vanishing (O Silêncio do Lago (título no Brasil) ou A Desaparecida (título em Portugal)) é um filme de suspense de 1993 estrelado por Jeff Bridges, Kiefer Sutherland, Nancy Travis e Sandra Bullock. É um remake americano em língua-inglesa do filme franco-holandês de mesmo nome de 1988, também dirigido por George Sluizer.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Jeff Harriman (Kiefer Sutherland) sai de férias com sua namorada Diane Shaver (Sandra Bullock), que desaparece completamente em um posto de gasolina. Três anos depois, Jeff ainda está obcecado em descobrir o que ocorreu. Barney Cousins (Jeff Bridges) aparece e admite que foi o responsável pelo desaparecimento. Cousins promete mostrar a Jeff o que aconteceu com Diane, mas apenas se ele concordar em fazer exatamente o que ela fez. Em uma pequena série de flash-backs, a construção do crime é mostrada. Jeff é levado para o posto de gasolina onde sua amada desapareceu e escuta que se tomar uma caneca de café contendo drogas, vai descobrir o destino dela por sua própria experiência. Ele o faz, e acorda com a descoberta de que está sendo enterrado vivo.

Nesse ponto o filme original terminou. O remake continua conforme o seguinte:

A nova namorada de Jeff, Rita (Nancy Travis), seguiu ele e o assassino para a área e descobre a tempo o que aconteceu. Ela consegue fazer Cousins beber o café drogado ao falar sobre a filha dele, mas não sabia que a droga demorava 15 minutos para fazer efeito. Ela sai à procura de Jeff, mas é impedida no último minuto por Cousins. Felizmente, Jeff reviveu e é capaz de escalar a cova para matar seu atormentador, batendo em Cousins até a morte com a pá que ele usou para enterrá-lo. O remake termina com Jeff e Rita juntos de volta, vendendo a história como novela para uma editora.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Receptividade[editar | editar código-fonte]

Esse remake foi muito mal-recebido pelo público e pela crítica;[2] A Variety o chamou de "esquemático e não convincente" [3] enquanto Nigel Floyd,da Time Out, caracterizou o filme como um remake "mal planejado, lobotomizado de Hollywood."[4]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Links Externos[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. The Vanishing (1993) (em inglês). Box Office Mojo. Página visitada em 23 de abril de 2010.
  2. The Vanishing (1993). Rotten Tomatoes. Página visitada em 2008-08-10.
  3. "The Vanishing" (review) Variety January 1, 1992
  4. http://www.timeout.com/film/reviews/62861/the_vanishing.html