Tuk-tuk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
  • Não tem fontes.
  • Não representa uma visão mundial do assunto.
Taxis Tuk-tuk

O Tuk-tuk (em tailandês: ตุ๊กตุ๊ก or ตุ๊กๆ; AFI[ˈðʊkˈðʊk]), também conhecido como auto-riquixá ou auto-riquexó fora da Tailândia, é um modelo de riquixá (ou triciclo) motorizado com cabine para transporte de passageiros ou mercadorias, muito utilizado em diversos países em desenvolvimento, sobretudo no sul e no sudeste da Ásia. Existem modelos movidos a motor (auto-riquixá), à pedais, e à tração humana (riquixá).

Recentemente, alguns países europeus adoptaram também este meio de transporte para fins turísticos.

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a primeira cidade a acolher o Tuk-Tuk foi Coimbra e, é utilizado para fazer passeios turísticos pela alta e baixa da cidade e, Santa Clara, passando por vinte e quatro pontos de interesse turístico, cultural, desportivo e religioso.

O tuk tuk do Bento XVI está em Portugal e é utilizado, sobretudo, para casamentos.

Já existem Tuk-tuk distribuídos por Lisboa, Sintra, Cascais, Funchal e Porto etc. Os tuk tuk elétricos, que levam seis pessoas, têm uma autonomia de 74 quilómetros.[1]


Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências