Vassilis Tsitsanis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vassilis Tsitsanis
Informação geral
Nascimento 18 de janeiro de 1915
Origem Trikala
País  Grécia
Data de morte 18 de janeiro de 1984 (69 anos)
Gênero(s) Rebético
Instrumento(s) Vocais, Bouzouki
Período em atividade 1937 - 1984
Página oficial Vassilis Tsitsanis (em inglês)

Vassilis Tsitsanis (Βασίλης Τσιτσάνης Trikala, 18 de janeiro de 1915Londres, 18 de janeiro de 1984) foi um compositor grego que tocava o bouzouki. Tornou-se um dos maiores compositores gregos de seu tempo e é amplamente reconhecido como um dos fundadores do estilo musical denominado rebético. Escreveu mais de quinhentas canções e ainda é lembrado como um dos maiores músicos gregos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tsitsanis nasceu em Trikala em 18 de janeiro de 1915. Desde muito jovem, Tsitsanis desenvolveu grande interesse na música e aprendeu a tocar bandolim, violino e o bouzouki, que foi o principal instrumento de suas canções. Em 1936 partiu para Atenas para estudar Direito e em 1937 fez sua primeira gravação.

Em 1937 mudou-se para Salônica, onde prestou o serviço militar, permanecendo na cidade por dez anos, durante a ocupação alemã da Grécia. Tornou-se famoso e, nesse período, escreveu muitas de suas melhores canções, as quais, ao final da II Guerra Mundial, seriam gravadas. Até o fechamento da gravadora pelos alemães em 1941, ele já havia gravado mais de 100 das suas próprias composições e tocado em muitas gravações de outros compositores.

Em 1943, Tsitsanis retornou a Atenas e começou a gravar muitas de suas próprias composições que tornaram famosos muitos dos canots que trabalharam com ele, como Sotiria Bellou (Σωτηρία Μπέλου), Marika Ninou (Μαρίκα Νίνου) e Prodromos Tsaousakis (Πρόδρομος Τσαουσάκης).

Tsitsanis morreu no Royal Brompton Hospital em Londres após uma operação no pulmão, em 18 de janeiro de 1984, no dia de seu sexagésimo nono aniversário. Toda a Grécia entrou em luto, onde sua música ainda é tida como a lenda do rebético.

Referências[editar | editar código-fonte]