Bouzouki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Um bouzouki.

O bouzouki é um instrumento muito popular na música tradicional da Grécia. Com o nome derivado da palavra turca buzuk não sofreu grandes alterações ao longo dos séculos. Foi perseguido no último século por estar associado, erradamente claro, à sociedade criminal na Grécia.

A música tradicional relacionada com este instrumento - a rebetika - esteve, de fato, muito tempo ligada ao mundo prisional, resultando da adaptação da música rural, em geral designado por demotiki, às condições da população urbana vinda do campo e procurando trabalho na cidade. Embora o bouzouki se tenha transformado no instrumento mais característico da rebetika (proveniente embora da grande família balcânica das tambouras), a verdade é que a elementar baglama, que ainda hoje está para o bouzouki como a viola para a guitarra no fado, resulta da invenção de um instrumento que acompanhasse as canções dos presos, mas que tivesse simplicidade e dimensões que permitissem construi-la e escondê-la em prisões onde eram proibidas.

Hoje em dia afirma-se que tocar bouzuki e conseguir tirar do instrumento “o espelho da nossa alma” é privilégio que só alguns conseguem atingir... Originalmente o bouzouki tinha 3 cordas duplas com afinação mais comum DAD (Ré-Lá-Ré) (outras afinações, como MI-LA-MI e DO-SOL-RE também poderiam ser usadas). Hoje em dia encontram-se bouzukis de 4 cordas duplas com afinação CFAD (Dó-Fá-Lá-Ré), o que permite fundir muita da técnica de guitarra na tradicional técnica das gerações. O bouzouki de 4 cordas é uma evolução muito recente, da metade do séc. XX, e os músicos mais adeptos do rebétiko costumam rejeitá-lo, preferindo o de 3 cordas, que serve melhor à música modal tradicional.

Um bouzouki irlandês.

A título de curiosidade, é frequente encontrar o bouzouki nas formações musicais irlandesas; tratando-se, contudo, de uma transformação do original grego, importado muito recentemente pelos grupos folk irlandeses.

Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.