Victor Horta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Victor Horta (Gante, 6 de Janeiro de 1861Bruxelas, 9 de Setembro de 1947) foi um arquitecto belga, o pioneiro do Art nouveau na Bélgica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Horta foi o primeiro arquiteto a ganhar o Prêmio Godecharle, em 1884, quando tinha 23 anos.

Na Bélgica, o art nouveau amadureceu e encontrou a sua mais alta expressão na arquitetura de Victor Horta, que influenciou outros países. Entre as suas obras-primas, marcadas por pródigas decorações, estão a Casa Tassel (1892-1893), em Bruxelas, sua obra-prima, o Palacete Solvay (1895-1900), a Casa do Povo (1896-1899) e a sua própria residência no bairro de Saint-Gilles, em Bruxelas (1898-1899), mais tarde transformada no actual Museu Horta.

Caracteristicas[editar | editar código-fonte]

Continua a tradição das construções de Bruxelas, no entanto, os seus interiores são fantásticos pela utilização ousada dos novos materiais: ferro, vidro, madeira. Na casa Tassel uniu as artes maiores (arquitectura) com as artes menores (mosaico, vitral, carpintaria...); deu grande importância à luminusidade e à decoração. A decoração e a estrutura formam um todo.

Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.