Wilhelm Heinrich Waagen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Wilhelm Heinrich Waagen (Munique, 23 de junho de 1841Viena, 24 de março de 1900) foi um geólogo e paleontólogo alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wilhelm Heinrich Waagen recebeu o grau de doutor em filosofia pela Universidade de Munique, onde publicou um trabalho elaborado de geologia que foi coroado pela universidade. Em 1866, tornou-se instrutor de paleontologia nesta universidade e, ao mesmo tempo, deu aulas para a Princesa Teresa e o Príncipe Arnulf da Baviera. Mesmo sendo um excelente professor e especialmente competente no trabalho, Waagen, por ser um leal católico, não tinha perspectiva de obter um cargo de professor na Universidade de Munique. Consequentemente, em 1870, aceitou a oferta de um cargo de assistente no serviço geológico da Índia.

Em 1875, ele retornou definitivamente para a Europa devido a severidade do clima Indiano. Em 1877, assumiu como instrutor na Universidade de Viena e conferencista de grande sucesso sobre a geologia da Índia. Em 1879, Waagen ocupou o cargo de professor de geologia e mineralogia no "Instituto Politécnico Alemão de Praga"; em 1890, tornou-se professor de paleontologia da Universidade de Viena; e em 1886 declinou de um convite para lecionar na escola de minas de Berlim. Em 1893, tornou-se membro correspondente da Academia das Ciências.

Os manuscristos de Waagen antes da sua viagem para a Índia tratavam especialmente sobre o Jura alemão e seus fósseis. Seu maior trabalho foi a investigação geológica da Índia, pela rica apresentação científica do material paleontológico. Em 1869, depois de um estudo exaustivo sobre as ammonoideas , Waagen advogou a teoria da evolução ou mutação para determinadas séries de fósseis. Waagen foi um católico ativo e, dois anos antes da sua morte, escreveu um tratado sobre o primeiro capítulo de gênesis, onde mostrou suas virtudes de geólogo e cristão.

Obras[editar | editar código-fonte]

Waagen foi um dos editores do periódico "Geognostische-paläontologische Beiträge" (Munique), e durante os anos de 1894-1900 editor do "Beiträge zur Paläontologie Oesterreich-Ungarns und des Orients" (Viena); após a morte de Barrande ( 1799 - 1883) ele editou vários volumes do trabalho de Barrande, "Système silurien".

Os trabalhos mais importantes de Waagen foram:

  • "Der Jura in Franken, Schwaben und der Schweiz" (Munique, 1864);
  • "Klassification der Schichten des obern Jura" (Munique, 1865);
  • "Die Formenreihe des Ammonites subradiatus" (Munique, 1869);
  • "Ueber die geologische Verteilung der Organismen in Indien" (Viena, 1878);
  • "Das Schopfungsproblem" em "Natur und Offenbarung" (Munster, 1898; publicação que foi desmembrada em 1899);
  • "Gliederun der pelagischen Sedimente des Triassystems" (Viena, 1895).

Em inglês escreveu:

  • "Jurassic Fauna of Kutch" (1873-6);
  • "Productus Limestone" (1879-91);
  • "Fossils from the Ceratite Formation" (1892).

Fonte[editar | editar código-fonte]

Este artigo é uma tradução do artigo Wilhelm Heinrich Waagen da wikipédia inglesa, com o histórico registrado até 29 de maio de 2007.