Wizard (revista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wizard Magazine
Revista sobre histórias em quadrinhos
Comic image missing-pt.png
País de origem  Estados Unidos
Língua de origem inglês
Proprietário Wizard Entertainment Group
Formato de publicação Magazine (21,5 x 28 cm)
Formato americano[1]
Encadernação lombada quadrada e panfleto
Primeira publicação 1991 [2]
Título em português Wizard Brasil/Wizmania
Representante nacional Editora Globo
Hangar 18
Panini Comics
Editor nacional Levi Trindade
Sidney Gusman
Leandro Luigi Del Manto
Maurício Muniz
Primeira publicação 1996
Site oficial [1](EUA)
[2]]
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada
Portal Imprensa

Wizard foi uma revista mensal informativa sobre o mercado das Histórias em Quadrinhos. Era uma publicação americana da editora Wizard Press (atual Wizard Entertainment Group), que se tornou uma das principais referências para quem trabalha no mercado.

Em Janeiro de 2011, foi anunciado pela Wizard Entertainment Group que a revista seria cancelada e transformada em site de notícias.[2] [3]

Outras revistas da empresa também foram canceladas: Toyfare (dedicada a brinquedos), Anime Insider (dedicada a anime e mangá) e Toy Wishes (também dedicada a brinquedos, só que de forma mais abrangente).

No Brasil[editar | editar código-fonte]

A Wizard foi publicada por três editoras no Brasil, a última editora foi a Panini Comics, a mesma editora que detém os direitos de publicação dos personagens da Marvel Comics e DC Comics no país.

Editora Globo[editar | editar código-fonte]

Entre 1996 e 1997, a Editora Globo publicou a primeira versão da Wizard brasileira, que durou 15 edições. Editada por Leandro Luigi Del Manto, a revista marcou época por oferecer uma linguagem descontraída e mesclar informações de lançamentos do mercado de quadrinhos internacional e brasileiro, além de matérias e entrevistas exclusivas. Muitas capas da edição brasileira da Wizard pela Editora Globo foram produzidas por artistas brasileiros, como a # 1 (Roger Cruz), # 5 (Mike Deodato) e # 12 (Sergio Cariello). Com o cancelamento da revista na edição # 15, Leandro Luigi Del Manto e alguns colaboradores (Sérgio Codespoti, Maurício Muniz e Edson Diogo) criaram um site de informações sobre quadrinhos, cinema e TV chamado Área-51[4] .

A coluna "Guia de Preços" escrita por Edson Diogo daria origem anos mais tarde ao site Guia dos Quadrinhos, site que tem o objetivo de catalogar todos os quadrinhos publicados no Brasil[5] .

Na época a editora publicava alguns títulos da Image Comics (Gen¹³, Wildcats, Cyberforce, Strykeforce e Witchblade), entretanto todos foram cancelados[6] .

Hangar 18[editar | editar código-fonte]

A segunda versão teve somente 1 edição e foi publicada pela editora Hangar 18.[7] [8]

Nessa única edição a revista possuia o formato 20,5 X 26,5 cm e trazia uma HQ baseada na série de TV Buffy, a Caça-Vampiros[9] .

O nome e o logotipo da editora Hangar 18 faziam alusões ao site Area-51, onde os editores Leandro Luigi Dal Manto e Maurício Muniz e a dupla Sérgio Codespoti e Sidney Gusman (do site Universo HQ) colaboravam[10] , Dal Manto havia sido editor da primeira versão da revista na Editora Globo[11] .

Panini Comics[editar | editar código-fonte]

Na sua terceira versão pela Panini Comics lançada em Outubro de 2003,[12] a publicação apresentou entrevistas com os principais artistas e roteiristas do mercado americano, previews de publicações e notícias sobre cinema e vídeo, além de histórias completas no seu conteúdo. A partir da edição 30 (Março de 2006), a revista passou a ser impressa em papel pisa brite[1] (um tipo de papel-jornal)[13] lombada canoa (com grampos), ao invês da lombada quadrada.[1] Após uma disputa judicial com o Wizard, curso de idiomas homônimo, a Wizard-Brasil foi proibida de usar o nome original da revista americana. O número 37 da revista foi publicada pela Panini com um novo nome Wizmania (embora tenham cogitado até o nome Wizzing Comics).[14]

Em Dezembro de 2006, a Panini publicou o livro "Aprendendo a desenhar com os maiores mestres internacionais", embora a edição brasileira não faça menção a revista Wizard, o livro é uma publicação da Wizard Entertainment Group. O livro traz lições de vários desenhistas de quadrinhos uma introdução do também desenhista e editor da Marvel Comics, Joe Quesada[15] . Na Panini, revista foi editada inicialmente por Sidney Gusman e depois por Levi Trindade.[16] Sob o título de Wizmania foram lançadas em 2008 pela Panini dois spin-offs, Wizmania Preview[17] e Wizmania Especial[18] , ambas tiveram apenas uma edição. Em Março 2009, a revista foi cancelada.[19] Atualmente, a Wizmania pode ser acessada através de um blog hospedado no site oficial da Panini[20] .


Referências

  1. a b c Marcelo Naranjo, sobre o press release (20/03/06). Mudanças gráficas e novidades da Wizard Brasil 30 Universo HQ.
  2. a b Leandro Damasceno (25/01/2011). Revistas Wizard e ToyFare chegam ao fim HQ Maniacs.
  3. Sérgio Codespoti (26/01/2011). Revista Wizard foi cancelada nos Estados Unidos Universo HQ.
  4. Leandro Luigi Del Manto (16/09/2013). Título não preenchido, favor adicionar LeandroLuigiDelManto.
  5. Felipe Aquino (15/03/2007). Novo banco de dados de quadrinhos online HQManiacs.
  6. Dandara Palankof e Cruz (21/10/2008). MATÉRIA: A HISTÓRIA DOS QUADRINHOS NO BRASIL - PARTE 3 HQManiacs.
  7. Revista Wizard volta às bancas brasileiras (em português) Universo HQ (07/07/2001). Visitado em 07/11/2009.
  8. Wizard Brasil (2ª Série) (em português) site Gibihouse. Visitado em 07/11/2009.
  9. Jotapê Martins (19 de Novembro de 2001). Wizard nas bancas Omelete.
  10. Sidney Gusman (10/10/2001). Exclusivo: Hangar 18 divulga novas imagens da Wizard # 1 Universo HQ.
  11. Edson Diogo (28/03/2010). Os três anos do Guia dos Quadrinhos Guia dos Quadrinhos.
  12. press release (17/11/2003). Segundo número da Wizard Brasil traz novidades da Panini Universo HQ.
  13. Eduardo Nasi. Super-Homem - O Homem de Aço Universo HQ.
  14. A Wizard, que tinha virado Wizzing, agora é Wizmania (em português) Universo HQ (06/10/06). Visitado em 28/04/2010.
  15. Sidney Gusman (22/12/06). Panini lança Aprendendo a desenhar com os maiores mestres internacionais Universo HQ.
  16. Sidney Gusman deixa a revista Wizmania, antiga Wizard (em português) Universo HQ. Visitado em 28/04/2010.
  17. 14ª Fest Comix: Panini reforma Wizmania, lança especiais e planeja até Spirit (em português) Universo HQ (10/03/08). Visitado em 28/04/2010.
  18. Wizmania Especial traz as sagas dos super-heróis (em português) Universo HQ (14/07/08). Visitado em 28/04/2010.
  19. Wizmania 11 Invasão Secreta (em português) site Panini Comics. Visitado em 28/04/2010.
  20. Eduardo Nasi (13/08/2009). Panini anuncia Batman de Kevin Smith Universo HQ.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.