(153591) 2001 SN263

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2001 SN263
2001sn263 arecibo.png
Número 153591
Data da descoberta 20 de setembro de 2001
Descoberto por LINEAR
Precedido por (153590) 2001 SY256
Sucedido por (153592) 2001 SG266
Elementos orbitais
Semieixo maior 1,98644832 UA
Periélio 1,03617286 UA
Afélio 2,93672378 UA
Excentricidade 0,47837915
Período orbital 1022,62012 d (2,79978130 a)
Anomalia média 235,1 °
Inclinação 6.685730°
Longitude do nó ascendente 325,8 °
Argumento do periastro 172,8 °
Satélites 2
Características físicas
Dimensões 2,8 km
Magnitude absoluta 16,9[1]

(153591) 2001 SN263, também escrito como (153591) 2001 SN263, é um pequeno asteroide próximo da Terra que é classificado como um asteroide Amor. Em 2008, os cientistas usando o radar planetário do Observatório de Arecibo descobriram que o objeto é orbitado por dois satélites quando o asteroide triplo fez uma abordagem perto da Terra a 0,066 UA (quase 10 milhões de quilômetros); apenas cerca de um por cento (1%) dos asteroides perto da Terra observados por radar são considerados sistemas triplos como este.[2] O corpo maior é chamado de alfa e tem forma esferoide e tem um diâmetro de 2,8 km, e os satélites, são denominados de Beta e Gama, são várias vezes menor em tamanho. Beta tem 1,1 km de diâmetro e Gama tem 0,4 km.

O único outro asteroide triplo inequivocamente identificado na população perto da Terra é (136617) 1994 CC, que foi descoberto ser um sistema triplo em 2009.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

(153591) 2001 SN263 foi descoberto no dia 20 de setembro de 2001, pelo programa Lincoln Near-Earth Asteroid Research (LINEAR).

Características orbitais[editar | editar código-fonte]

A órbita de (153591) 2001 SN263 tem uma excentricidade de 0,47837915 e possui um semieixo maior de 1,98644832 UA. O seu periélio leva o mesmo a uma distância de 1,03617286 UA em relação ao Sol e seu afélio a 2,93672378 UA.[1]

Missão Aster[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Missão Aster

O asteroide (153591) 2001 SN263 foi escolhido como alvo para a proposta missão Aster.[3] Esta futura missão espacial será a primeira missão brasileira de espaço profundo, é um projeto da Agência Espacial Brasileira (AEB) com várias instituições. A missão Aster é um projeto multi-institucional, cujo objetivo principal é a construção de uma sonda espacial de pequeno porte para explorar este sistema de asteroide triplo.[4][5] Sua meta é ambiciosa: orbitar o asteroide triplo e pousar na superfície do objeto principal.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «JPL Small-Body Database: 153591 (2001 SN263)» (em inglês). Consultado em 11 de dezembro de 2014 
  2. «Triple Asteroid System Triples Observers' Interest"» (em inglês). NASA. Consultado em 11 de dezembro de 2014 
  3. «Brasil e Rússia decidem aprofundar cooperação em ciência e tecnologia». Portal vermelho. Consultado em 10 de julho de 2015 
  4. «MISSÃO ASTER BUSCA AMPLIAR PARCERIAS E FINANCIAMENTO». Agência Espacial Brasileira. Consultado em 10 de julho de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  5. «Dilma diz que cúpula de Ufa consolida Brics e destaca parceria com a Rússia na área espacial». Blog do Planalto. Consultado em 10 de julho de 2015. Arquivado do original em 13 de julho de 2015 
  6. «Indo aonde ninguém jamais foi». Consultado em 10 de julho de 2015. Arquivado do original em 11 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

(153589) 2001 SS255 | (153590) 2001 SY256 | (153591) 2001 SN263 | (153592) 2001 SG266 | (153593) 2001 SX268