A Adoração dos Magos (Leonardo da Vinci)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A Adoração dos Magos
Autor Leonardo da Vinci
Data c. 1481-1482
Técnica óleo sobre madeira
Dimensões 246,4  × 243,8 
Localização Galleria degli Uffizi, Florença, Itália

A Adoração dos Magos (em italiano Adorazione dei Magi) é a grande pintura de Leonardo da Vinci, que a deixou inacabada (apenas com aguadas de tinta), por ocasião de sua partida para Milão.

Foi feita entre 1481 e 1482, em óleo sobre madeira, e mede 246cm x 243cm. Foi encomendada pelos monges da Igreja de São Donato de Scopeto, em Florença.[1] Para este trabalho os monges e seu pai desenvolveram um contrato que o obrigasse a terminar[1] mas o que não foi possível, em parte, provavelmente, por seu perfeccionismo.[2]

Leonardo usou com sabedoria sua técnica de jogo de luz e sombra, estimulando a imaginação do observador e gerando uma ilusão de profundidade. Foi durante sua estadia no Ateliê de Verrocchio que Da Vinci aprendeu a criar perspectivas.[3]

Também esta obra mostra o domínio de Leonardo da anatomia humana. Todos os elementos obrigam o olhar para o centro onde estão as figuras da Madona e o menino, seguindo uma espiral em sentido horário para seguir a narrativa.[4]

Referências

  1. a b Isaacson, Walter (2017). Leonardo da Vinci. Rio de Janeiro: Intrínseca. p. 95. ISBN 978-85-510-0257-5 
  2. Isaacson, Walter (2017). Leonardo da Vinci. Rio de Janeiro: Intrínseca. p. 102-103. ISBN 978-85-510-0257-5 
  3. Kickhöfel, Eduardo Henrique P. «A ciência visual de Leonardo da Vinci: notas para uma interpretação de seus estudos anatômicos» 
  4. Isaacson, Walter (2017). Leonardo da Vinci. Rio de Janeiro: Intrínseca. p. 100. ISBN 978-85-510-0257-5 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre A Adoração dos Magos (Leonardo da Vinci)
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.