Abdelaziz al-Tebaa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Abdelaziz al-Tebaa
Mausoléu de Abdelaziz al-Tebaa em Marraquexe
Conhecido(a) por ser um dos "Sete Santos de Marraquexe"
Morte 1499
Nacionalidade  Marrocos
Ocupação Místico e santo sufi
Influências
Principais interesses Sufismo
Religião Islão

Abdelaziz al-Tebaa ou Sidi Abdelaziz ibn Abdelhaq Tabbaa al-Hassani ou Sidi al-Tabbaa (m. 1499) foi o fundador da primeira zauia (irmandande religiosa) sufista da ordem al-Jazuli em Marraquexe. Em última análise, os princípios de al-Tebaa recuam aos de Abu Madyan, conforme delineado no livro deste Bidayat al-murid ("Princípios básicos da conduta sufista"), compilado por Abu Mohammed Salih al-Majiri (m. 1216).

Al-Tebaa viajava frequentemente para Fez, onde ministrava ensinamentos sobre sufismo e liderava recitações da obra de al-Jazuli Dala'il al-Khayrat, uma coleção de orações ao profeta Maomé, na madraça al-Attarine. Também em Fez, iniciou Sidi Ali Salih al-Andalusi (m. 1488), um refugiado de Granada, autor do Sharh rahbat al-aman e fundador da segunda zauia Jazuli em Fez.

Al-Tabbaa é também conhecido como um dos Sabatu Rijal (Sete Santos de Marraquexe). O seu túmulo é visitado por muitos peregrinos ao longo do ano. Foi sucedido por Abdallah al-Ghazwani na liderança da zauia.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre figuras históricas de Marrocos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.