Abraham Bloemaert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abraham Bloemaert
Nascimento 25 de dezembro de 1564
Gorinchem
Morte 27 de janeiro de 1651 (86 anos)
Utrecht
Cidadania Países Baixos
Filho(s) Cornelius Bloemaert, Hendrick Bloemaert, Frederick Bloemaert, Adriaen Bloemaert
Ocupação pintor, gravador
Movimento estético maneirismo, Caravagismo de Utrecht
Paisagem com a pregação de João Batista (139 × 188 cm). Oléo sobre tela, feito por volta de 1600.

Abraham Bloemaert (Gorinchem, 1566Utrecht, 27 de janeiro de 1651), foi um pintor e gravurista neerlandês.

Bloemaert era filho de um arquiteto que mudou-se com sua família para Utrecht em 1575, onde Abraham foi primeiramente um pupilo de Gerrit Splinter (pupilo de Frans Floris) e depois de Joos de Beer. Estudou três anos em Paris, tutorado por vários mestres, para depois retornar para seu país natal e receber um treinamento complementar de Hieronymus Francken. Em 1591, Bloemaert foi a Amsterdã, e quatro anos depois fixou-se por fim em Utrecht, onde tornou-se reitor da Guilda de São Lucas.

Bloemaert saiu-se melhor como colorista do que como desenhista. Era extremamente produtivo no que fazia, pintando e gravando figuras alegórias e históricas, paisagens, natureza-morta, animais e flores. Entre os seus pupilos estão seus filhos Hendrick, Frederick, Cornelius e Adriaan (todos eles conquistaram reputação considerável como pintores e gravuristas), além de Gerhard van Honthorst, Ferdinand Bol e Jacob Gerritsz Cuyp.

Redescobertas[editar | editar código-fonte]

  • Loth e suas filhas (120 x 220 cm), óleo sobre tela (redescoberto em 2006 pelo Prof. Alain Béjard & Dimitri Joannidès, Instituto Alicem, Luxemburgo)

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abraham Bloemaert
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.