Acreção de Bondi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

A acreção de Bondi é a acreção esférica ao redor de um objeto. O termo costuma ser empregado para descrever a acreção de uma estrela de nêutrons ou buraco negro para objetos compactos viajando através do meio interestelar. Seu nome é uma referência a Hermann Bondi.

Para se chegar a um valor aproximado da taxa de acreção de Bondi, presume-se que a acreção ocorra a uma taxa de onde é a densidade ambiente, é a velocidade do objeto ou velocidade do som no meio circundante se a velocidade do objeto for menor que a velocidade, e o raio dão a área efetiva. O raio efetivo é obtido igualando a velocidade de escape do objeto à velocidade relevante, por exemplo ou . Portanto a taxa de acreção se torna .

Esta derivação é apenas uma aproximação, utilizando relações de escala ao invés de definições rigorosas. Uma solução mais completa pode ser encontrada no artigo original de Bondi e dois outros artigos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bondi (1952) MNRAS 112, 195
  • Mestel (1954) MNRAS 114, 437
  • Hoyle e Lyttleton (1941) MNRAS 101, 227
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.