Alexander Gustafsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexander Gustafsson
Alexander "The Mauler" Gustafsson 2014.jpg
Informações
Nascimento 15 de janeiro de 1987 (28 anos)
Arboga, Västmanland, Suécia
Nacionalidade Suécia Sueca
Outros nomes The Mauler
Altura 1,95 m
Peso 93 kg
Divisão Peso meio-pesado
Envergadura 206.2 cm [1]
Modalidade Boxe, Jiu-jitsu brasileiro
Equipe Stockholm Shoot
Graduação      Faixa Roxa em Jiu-Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2007 - presente
Cartel no MMA
Total 19
Vitórias 16
Por nocaute 10
Por finalização 3
Por decisão 3
Derrotas 3
Por nocaute 1
Por finalização 1
Por decisão 1
Ligações externas
Página oficial:
http://www.themauler.com/
Recorde de MMA no Sherdog

Alexander Gustafsson (Arboga, 15 de janeiro de 1987) é um lutador de artes marciais mistas sueco. Compete no Ultimate Fighting Championship (UFC) na categoria de peso meio-pesado. Em fevereiro de 2013, Gustafsson é classificado como o 1º melhor meio-pesado do Mundo pelo ranking do UFC.[2]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Gustafsson começou a treinar boxe aos 10 anos de idade e MMA aos 19 anos. Antes de assinar com o UFC , Gustafsson lutou em organizações menores de MMA na Suécia e em outras partes da Europa. Em 2009, ele já colecionava um perfeito cartel de 8-0, com 6 vitórias por nocaute.

UFC[editar | editar código-fonte]

  • Fez sua estreia no UFC 105 contra Jared Hamman, Gustafsson venceu a luta por nocaute técnico aos 0:41 do primeiro round.
  • Sua segunda luta foi contra Phil Davis no UFC 112, Gustafsson foi derrotado por finalização (anaconda choke) aos 4:55 do primeiro round. Antes disso, Gustafsson mostrou um bom wrestling e boas defesas de quedas.
  • Após a derrota no UFC 112 Gustafsson viajou para San Diego, EUA para treinar com a "Alliance MMA". Gustafsson treinou com lutadores notáveis como seu ex-adversário Phil Davis, Brandon Vera, Joey Beltran e Travis Browne. Sua terceira luta pelo UFC foi contra o veterano Cyrille Diabaté no UFC 120. Depois de dominar o primeiro round e conseguir boas quedas Gustafsson derrotou Diabate por finalização (mata-leão) aos 2:41 do segundo round.
  • Sua luta seguinte foi contra James Te Huna no UFC 127, Gustafsson venceu por finalização mata-leão aos 4:27 do primeiro round.
  • Gustafsson era esperado para enfrentar Vladimir Matyushenko em 6 de agosto de 2011 no UFC 133, mas Matyushenko foi cortado do evento devido a uma lesão e foi substituído por Matt Hamill. Gustafsson acertou um direto em Hamill seguido por dois uppercuts, levando Hamill ao chão e finalizando com socos e cotoveladas. Hamill anunciou sua aposentadoria logo após a luta.

Gustafsson enfrentou Matyushenko em 30 de dezembro de 2011 no UFC 141. Ele derrotou Matyushenko por nocaute técnico aos 2:13 do primeiro round.

Gustafsson iria enfrentar Antônio Rogério Nogueira em 14 de abril de 2012, no UFC que seria realizado na Suécia mas Nogueira foi retirado do card devido a uma lesão no joelho e foi substituído por Thiago Silva. Gustafsson dominou todos os três rounds e venceu Thiago Silva por decisão unânime no UFC on Fuel TV: Gustafsson vs. Silva.

Da mesma forma, por decisão unânime, Gustafsson derrotou Maurício Shogun, em 8 de Dezembro de 2012, no UFC on Fox: Henderson vs. Diaz.

Gustafsson era esperado para enfrentar Gegard Mousasi em 6 de abril de 2013, no UFC on Fuel TV 9. No entanto, em 2 de abril, foi anunciado pelo MMA Swedish Federation, que Gustafsson não seria autorizado a participar no evento devido a uma corte sofrido durante uma sessão de treinamentos em 30 de março. Gustafsson foi substituído pelo recém-chegado ao UFC Ilir Latifi, um de seus principais parceiros de treinamento.

Disputa de cinturão contra Jon Jones[editar | editar código-fonte]

Gustafsson lutou pelo Cinturão Meio Pesado do UFC contra o campeão Jon Jones, em 21 de setembro de 2013, no UFC 165. Mostrando muita movimentação e um boxe afiado, Gustafsson surpreendeu ao controlar os primeiros rounds. Fez Jon Jones sangrar e ser derrubado pela primeira vez no UFC. A luta estava equilibrada até Gustafsson cansar e ser acertado por duras cotoveladas acabando por não conseguir aplicar sua estratégia, assim perdendo por decisão unânime. Gustafsson foi muito elogiado pela sua atuação, tendo sido considerado por muitos o verdadeiro vencedor da luta, apesar da decisão unânime dos juízes. Jon Jones declarou ao final da luta que não estava satisfeito com a sua performance e elogiou o adversário.[3]

A luta levou o prêmio de Luta da Noite, e também recebeu inúmeros elogios da imprensa: “uma batalha épica”[4] , “clássico instantâneo” [5] , “a maior luta da história dos meio pesados” [6] , “uma das grandes lutas da história do UFC”[7] .

Alexander Gustafsson e Jones quebraram o recorde de uma luta dos meio pesados (e a 2º entre todas as categorias) no quesito golpes significativos desferidos. Somados, foram 244 no UFC 165 [8]

Pós-luta pelo cinturão[editar | editar código-fonte]

Sua primeira luta após ser derrotado pelo campeão seria contra Antônio Rogério Nogueira em 8 de Abril de 2014 no UFC Fight Night: Gustafsson vs. Manuwa. Porém, uma lesão tirou Nogueira do evento e ele foi substituído pelo invicto Jimi Manuwa. Gustafsson venceu a luta por nocaute técnico no segundo round.

Uma nova chance foi dada à Gustafsson pelo cinturão contra o atual campeão Jon Jones ainda em 2014. A revanche entre Jones e Gustafsson foi marcada pelo UFC e o combate aconteceria no dia 27 de Setembro de 2014 no UFC 178. Porém, após romper o menisco, Daniel Cormier foi escolhido como substituto imediato, tendo o público de MMA de esperar um pouco mais para ver uma das revanches mais aguardadas da história do Ultimate.

Gustafsson enfrentou o americano Anthony Johnson em 24 de Janeiro de 2015 no UFC on Fox: Gustafsson vs. Johnson. Ele foi derrotado por nocaute técnico no primeiro round, o que foi considerado uma grande zebra.

Gustafsson agora é esperado para enfrentar o também ex-desafiante Glover Teixeira em 20 de Junho de 2015 no UFC Fight Night: Gustafsson vs. Teixeira.

Gustafsson se lesionou e não enfrentará Glover Teixeira no UFC Fight Night, que ocorreria no dia 20 de Junho de 2015 em Berlim, Alemanha.

Após ser retirado do UFC Fight Night por causa de uma lesão, Gustafsson ganhou novamente o direito de lutar pelo cinturão, por mais que tenha vindo de derrota para Anthony Johnson. O sueco mostrou que tem prestígio entre os donos do UFC após quase vencer Jon Jones no UFC 165. Agora é aguardar o pronunciamento do Presidente Dana White que definirá a Data e o Local da Luta. Gustafsson enfrentará Daniel Cormier pelo Título dos Meio Pesados.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Estados Unidos Daniel Cormier A definir A definir A definir Pelo Cinturão Meio Pesado do UFC.
Derrota 16-3 Estados Unidos Anthony Johnson Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Gustafsson vs. Johnson 24/01/2015 1 2:15 Suécia Estocolmo
Vitória 16-2 Inglaterra Jimi Manuwa Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC Fight Night: Gustafsson vs. Manuwa 08/03/2014 2 1:18 Inglaterra Londres Luta e Performance da Noite.
Derrota 15-2 Estados Unidos Jon Jones Decisão (unânime) UFC 165: Jones vs. Gustafsson 21/09/2013 5 5:00 Canadá Toronto, Ontario Pelo Cinturão Meio Pesado do UFC; Luta da Noite; Luta do Ano.
Vitória 15-1 Brasil Maurício Shogun Decisão (unânime) UFC on Fox: Henderson vs. Diaz 08/12/2012 3 5:00 Estados Unidos Seattle, Washington
Vitória 14–1 Brasil Thiago Silva Decisão (unânime) UFC on Fuel TV: Gustafsson vs. Silva 14/04/2012 3 5:00 Suécia Estocolmo
Vitória 13–1 Bielorrússia Vladimir Matyushenko Nocaute Técnico (socos) UFC 141: Lesnar vs. Overeem 30/12/2011 1 2:13 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 12–1 Estados Unidos Matt Hamill Nocaute Técnico (socos e cotoveladas) UFC 133: Evans vs. Ortiz 06/08/2011 2 3:34 Estados Unidos Philadelphia, Pennsylvania
Vitória 11–1 Nova Zelândia James Te-Huna Finalização (mata leão) UFC 127: Penn vs. Fitch 27/02/2011 1 4:27 Austrália Sydney
Vitória 10–1 França Cyrille Diabaté Finalização (mata leão) UFC 120: Bisping vs. Akiyama 16/10/2010 2 2:41 Inglaterra Londres
Derrota 9–1 Estados Unidos Phil Davis Finalização (anaconda) UFC 112: Invincible 10/04/2010 1 4:55 Emirados Árabes Unidos Abu Dhabi
Vitória 9–0 Estados Unidos Jared Hamman Nocaute (soco) UFC 105: Couture vs. Vera 14/11/2009 1 0:41 Inglaterra Manchester Estréia no UFC.
Vitória 8–0 Ucrânia Vladimir Shemarov Nocaute Técnico (socos) Superior Challenge 3 30/05/2009 1 2:37 Suécia Estocolmo
Vitória 7–0 Espanha Pedro Quetglas Nocaute Técnico (socos) The Zone FC: Shockwave 08/11/2008 1 2:08 Suécia Gotemburgo
Vitória 6–0 Polónia Krzysztof Kulak Decisão (unânime) KSW - Extra 13/09/2008 2 5:00 Polónia Dąbrowa Górnicza
Vitória 5–0 Itália Matteo Minonzio Nocaute Técnico (socos) The Zone FC: Showdown 10/05/2008 1 3:52 Suécia Gotemburgo
Vitória 4–0 Alemanha Florian Muller Nocaute Técnico (socos) Fite Selektor 13/03/2008 2 3:44 Emirados Árabes Unidos Dubai
Vitória 3–0 Alemanha Farbod Fadami Nocaute Técnico (socos) The Zone FC 09/02/2008 1 2:31 Suécia Estocolmo
Vitória 2–0 Finlândia Mikael Haydari Nocaute Técnico (socos) FinnFight 15/12/2007 1 0:50 Finlândia Turku
Vitória 1–0 Finlândia Saku Heikola Finalização (mata leão) Shooto 17/11/2007 2 3:42 Finlândia Lahti

Títulos e Feitos[editar | editar código-fonte]

Mixed martial arts[editar | editar código-fonte]

Boxe Amador[editar | editar código-fonte]

  • Peso-pesado sueco (+91 kg/200 lbs) Campeão de Boxe Amador[26]
  • 2009 Tensta Boxe Open Vencedor dos Pesos-pesados[27]
  • 2009 KP Vencedor da Copa de Pesos-pesados de boxe[28]

Submissão[editar | editar código-fonte]

  • Grapplers Paradise 4 −99 kg (−218 lbs) Vencedor[29]

Referências

  1. http://www.mmajunkie.com/news/2013/09/jon-jones-not-out-of-reach-says-ufc-165-title-challenger-alexander-gustafsson
  2. UFC.com (Fevereiro, 2013). Light Heavyweight MMA Top 10.
  3. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2013/09/gustafsson-quebra-mitos-mas-jon-jones-vence-no-sufoco-em-grande-luta.html
  4. http://sports.yahoo.com/news/mma--ufc-165-jon-jones-gritty-win-over-alexander-gustafsson-073016018.html
  5. http://www.lasvegassun.com/news/2013/sep/22/jon-jones-alexander-gustafsson-could-reprise-insta
  6. http://www.mmamania.com/2013/9/22/4757104/ufc-165-results-jon-jones-glover-teixeira-rematch-alexander-gustafsson-mma
  7. http://www.mmaweekly.com/jon-jones-found-his-foil-at-ufc-165-but-will-ufc-make-the-rematch-with-alexander-gustafsson
  8. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/01/recordes-do-ufc-quebrados-em-2013-tem-belfort-gsp-jones-e-mais-confira.html
  9. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/02/chris-weidman-bate-belfort-e-e-eleito-o-lutador-do-ano-no-oscar-do-mma.html
  10. EA Sports UFC cover: Alexander Gustafsson joins Jon Jones mmafighting.com (2013-12-13).
  11. MMA Fight of the Year: Jones-Gustafsson espn.go.com (2014-01-04).
  12. Sherdog.com's 2013 Fight of the Year sherdog.com (2013-01-09).
  13. Fight of the Year 2013: Alexander Gustafsson vs Jon Jones at UFC 165 mmafighting.com (2014-01-02).
  14. MMAInsider's 2013 Annual Awards: The Results mmainsider.net (2013-12-27).
  15. 2013's Fight of the Year: Jon Jones vs Alexander Gustafsson foxsports.com (2013-12-27).
  16. 2013 MMA awards: Fight of the Year sports-yahoo.com (2014-01-02).
  17. 2013 Fight of the Year: Jon Jones vs Alexander Gustafsson mmaweekly.com (2014-01-08).
  18. MMAjunkie's 2013 MMA Awards: Jon Jones vs Alexander Gustafsson named Fight of the Year mmajunkie.com (2014-01-10).
  19. 2013 MMA Awards mmanuts.com (2013-12-30).
  20. 2013 MMA Valor Year end Awards mmavalor.com (2013-12-31).
  21. 2013 Awards: Fight of the Year - Jon Jones vs Alexander Gustafsson at UFC 165 themmacorner.com (2014-01-02).
  22. Nordic MMA Awards 2011 mmaviking.com (2011-12-26).
  23. 2012 Nordic Fighter of the Year - Alexander Gustafsson mmaviking.com (2013-01-16).
  24. 2013 Fight of the Year - Gustafsson versus Jones at UFC 165 mmaviking.com (2013-12-22).
  25. 2013 Year-End MMA Awards - Fight of the Year mmatorch.com (2014-01-03).
  26. The Mauler won again fightermag.se (2009-02-28).
  27. Alexander Gustafsson winner at Tensta Box Open in Sweden shootersmma.com (2009-03-01).
  28. MMA Gustafsson made temporarily comeback in boxing fightermag.se (2009-01-27).
  29. Você deve especificar url = ao usar a
    Predefinição:Citar web. Parâmetros disponíveis:

    {{citar web
    |url =             |ano =
    |titulo =          |mes =
    |acessodata =      |formato =
    |acessodiames =    |obra =
    |acessomesdia =    |publicado =
    |acessoano =       |paginas =
    |autor =           |lingua =
    |ultimo =          |doi =
    |primeiro =        |arquivourl =
    |autorlink =       |arquivodata =
    |coautores =       |citacao =
    |data =
    }}
    
    (21 September 2008).

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Perfil Oficial no UFC