Alexander Szot Marczenski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alemão
bicampeão mundial militar
Voleibol
Nome completo Alexander Szot Marczewski
Apelido Alemão
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 7 de junho de 1988 (31 anos)
Mauá, SP
Nacionalidade brasileiro
Compleição Peso: 90 kg Altura: 1,96 m
Medalhas
Competidor do Bandeira do Brasil Brasil
Copa Pan-Americana
Ouro Gatineau 2011 Equipe
Jogos Mundiais Militares
Ouro Mungyeong 2015 Equipe
Ouro Rio de Janeiro 2011 Equipe
Campeonato Mundial Militar
Ouro Mungyeong 2015 Equipe
Ouro Rio de Janeiro 2014 Equipe
Competidor do Sada Cruzeiro
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Liñares 20 Equipe

Alexander Szot Marczewski (Mauá, 7 de junho de 1988) é um voleibolista indoor brasileiro, atuante na posição de Oposto, canhoto,com marca de alcance de 345 cm no ataque e 335 cm no bloqueio, que conquistou a medalha de ouro pela Seleção Brasileira Militar na Copa Pan-Americana de 2011 no Canadá, nos Jogos Mundiais Militares de 2011 no Brasil e nos Jogos Mundiais Militares em 2015 na Coreia do Sul e também na edição do Campeonato Mundial Militar de 2014 no Brasil. Em clubes conquistou a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2012 no Chile.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Alemão nasceu no ABC Paulista, mas parte de sua infância deu-se no Estado de Minas Gerais , onde seus pais residem na cidade mineira de Três Corações[1].Revelado pelo Umuara[2] ma/Três Corações, representou em 2006 a Seleção Mineira no Campeonato Brasileiro de Seleções, categoria juvenil, no qual conquistou o bronze[3][4].

Representou na categoria infanto-juvenil a Seleção Mineira no Campeonato Brasileiro de Seleções de 2005, Divisão especial, tal competição sediada em Brasília-DF, quando conquistou o título da competição, época que ele estava vinculado ao Umuarama/Três Corações [5][6], atuando pelo mesmo conquistou o bronze do Campeonato Mineiro Juvenil de 2007[7].Defendeu as cores do Universo/Uptime na temporada 2007-08 e disputou a Superliga Brasileira A[8] encerrando na oitava colocação[9].Na temporada seguinte foi contratado pelo Vôlei Futuro [2] e por esta equipe conquistou o vice-campeonato da Copa São Paulo de 2008[10], neste mesmo ano obteve o quarto lugar no Campeonato Paulista e o representou na Superliga Brasileira A 2008-09[11] que após as quartas de final encerrou no sexto lugar[12].

Jogou na jornada esportiva 2009-10 pelo Santo André e disputou por este a referente Superliga Brasileira A [13] encerrando em décimo segundo lugar[14].Retornou ao voleibol mineiro pela equipe do BMG/Montes Claros nas competições do período esportivo 2010-11[15] conquistando o bronze do Campeonato Mineiro de 2010 [16].Por essa equipe disputou a Superliga Brasileira A 2010-11[17] encerrando na quarta posição na fase classificatória e finalizando após as quartas de final em quinto lugar[18].

Em 2011 foi convocado para Seleção Brasileira Militar para disputar a Copa Pan-Americana sediada em Gatinau -Canadá, e nesta edição conquistou a medalha de ouro vestindo a camisa#14[19][20] e nesse mesmo ano pela seleção militar representou a Seleção Brasileira Militar na edição dos Jogos Mundiais Militares realizados no Rio de Janeiro-Brasil [21] e conquistou a medalha de ouro nesta edição[22].

Foi anunciado como reforço da equipe do Sada Cruzeiro para as disputas do período 2011-12[15][22] conquistando em 2011 o Campeonato Mineiro[23], o título do Torneio Internacional UC Irvine e chegou a grande final da Superliga Brasileira A 2011-12, na qual conquista seu primeiro título[24].

Em 2012 disputou o Campeonato Sul-Americano de Clubes e conquistou o ouro e a qualificação para o Campeonato Mundial de Clubes[25][26] e não estava entre os inscritos no Campeonato Mundial de Clubes de 2012[27].

Disputou pelo Sada Cruzeiro a temporada 2012-13[28], conquista o tricampeonato consecutivo do Campeonato Mineiro em 2012 [24][29] e na Superliga Brasileira A chega a mais uma final consecutivamente, terminando com o vice-campeonato[24].

No ano de 2013 reforçou o Olympico/Martminas/Uptime na Superliga Brasileira B de 2013[30] e também na edição da Superliga Brasileira B 2014 pelo[31] e participou da equipe que encerrou nesta edição em oitavo lugar[32].

Após disputar a Superliga Brasileira B supramencionada, foi anunciado como reforço da RJX nos playoffs da Superliga Brasileira A 2013-14[33][34] atuando nas quartas de final[35] encerrou no honroso quinto lugar[36].

Ainda em 2014 foi convocado para Seleção Brasileira de Novos para representar a Seleção Militar mais uma vez e conquistou a medalha de ouro na 33ª edição do Campeonato Mundial Militar deste ano, realizado no Rio de Janeiro[37][38][39].

Alemão foi contratado para temporada 2014-15 pela equipe da UFJF[40][41] e finalizou na edição da Superliga Brasileira A 201415 na nona colocação[42].

Em 2015 foi convocado para Seleção Brasileira Militar, com a patente de cabo[43], vestindo a camisa#10[44],disputou o Campeonato Mundial Militar na cidade de Mungyeong, na Coreia do Sul, realizado dentro da edição da VI edição dos Jogos Mundiais Militares[45] e conquistou a medalha de ouro[46].

Foi contratado como novo reforço do clube paranaense: COPEL/Maringá Vôlei para as competições do período esportivo 2015-16, finalizando na décima primeira posição na Superliga Brasileira A 2015-16[4].Na jornada esportiva 2016-17 transfere-se para o voleibol espanhol, sendo contratado pela equipe Unicaja Almería[47][48] e sagrou-se vice-campeão da da Superliga Espanhola A[49] e foi o Melhor Oposto da temporada em eficiência[50].

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Aline Soares. «Alemão chega para reforçar Sada Cruzeiro». 3 de maio de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  2. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «Equipe-Alexander Szot Marczewski l». Consultado em 6 de agosto de 2014 
  3. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «Relatório Técnico 2006.1- SELEÇÕES MINEIRAS MASCULINAS -Pág.32» (PDF). Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 2 de maio de 2014 
  4. a b Agência Geraldo Maciel. «Perfil Alexsander Szot Marczewski». Consultado em 16 de junho de 2016. Arquivado do original em 17 de junho de 2016 
  5. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «Relatório Técnico 20071- SELEÇÕES MINEIRAS MASCULINAS-INFANTO-JUVENIL MASCULINO -1ª Divisão-Pág.18» (PDF). Consultado em 15 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de maio de 2014 
  6. CBV. «CBS INFANTO-JUVENIL- 1ª DIVISÃO-MASCULINO- Pág.17» (PDF). Consultado em 15 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 14 de julho de 2014 
  7. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «Relatório Técnico 2007.1- CAMPEONATO MINEIRO JUVENIL MASCULINO -Pág.49-50» (PDF). Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de maio de 2014 
  8. CBV. «Superliga 2007/2008- UNIVERSO/UPTIME». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 14 de dezembro de 2007 
  9. CBV. «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». 27 de outubro de 2008. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  10. a b FPV. «Santander/São Bernardo é campeão da Copa São Paulo». 3 de agosto de 2008. Consultado em 29 de julho de 2014 
  11. CBV. «Superliga 2008/2009- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA-VÔLEI FUTURO». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 
  12. Wikipédia. «Artigo Grêmio Recreativo e Esportivo Reunidas (voleibol masculino)-Resultados obtidos nas principais competições -Superliga». Consultado em 29 de julho de 2014 
  13. CBV. «SUPERLIGA 2009/2010- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- SANTO ANDRÉ». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 8 de agosto de 2014 
  14. CBV. «VOLEIBOL- Resultados/Classificaçao-SUPERLIGA MASCULINA 2009/2010-Classificação Final» (PDF). 1 de abril de 2010. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 8 de agosto de 2014 
  15. a b DeFato Online. «Sada Cruzeiro assina com jovem oposto Alemão, ex-Montes Claros». 3 de maio de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  16. a b Surgiu Esporte. «SUPERLIGA MASCULINA 2010/2011: Tudo pronto para começar o melhor campeonato de vôlei do mundo- De volta ao caldeirão». 5 de novembro de 2010. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2013 
  17. CBV. «SUPERLIGA 2010/2011- FICHA COMPLETA-ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- BMG/MONTES CLAROS». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  18. CBV. «VOLEIBOL- Resultados / Classificaçao-SUPERLIGA MASCULINA 2010/2011- QUARTAS-DE-FINAL» (PDF). 25 de março de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 16 de março de 2014 
  19. Norceca. «Men Volleyball VI Copa Panamericana 2011 Statistics Gatineau, Quebec (CAN» (PDF) (em inglês). 18 de junho de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  20. Todor66.com. «Men Volleyball VI Copa Panamericana 2011 Statistics Gatineau, Quebec (CAN)». Consultado em 6 de agosto de 2014 
  21. Daniel Bortoletto. «No time militar do Brasil tem até campeão olímpico». 4 de abril de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 6 de outubro de 2014 
  22. a b Placar. «Sada Cruzeiro anuncia contratação do oposto Alemão». 3 de maio de 2011. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  23. a b Eu Vivo Esporte. «Maiores vencedores do Campeonato Mineiro». Consultado em 6 de agosto de 2014 
  24. a b c d e f g Sada Vôlei. «Sada Cruzeiro-Títulos/Conquistas». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 23 de outubro de 2014 
  25. CSV (10 de setembro de 2012). «SUDAMERICANO DE CLUBES MASCULINO: Sada Cruzeiro de Brasil se tituló Campeón y sacó pasajes al Mundial de Doha» (em espanhol). Consultado em 6 de agosto de 2014 
  26. Sada Vôlei. «Sada Cruzeiro vence argentinos e é campeão do Sul-Americano de Vôlei». 10 de setembro de 2012. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  27. Federação Internacional de Voleibol. «2012 Men's Club World Championship - TEAM COMPOSITION SCR / Sada Cruzeiro- Belo Horizonte - Minas Gerais, Brazil» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2014 
  28. Bruno Santos. «Sada Cruzeiro se reapresenta para temporada 2012/2013». 10 de julho de 2012. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  29. a b Sada Vôlei. «Sada Cruzeiro conquista o tricampeonato Mineiro ao bater o Vivo Minas em 3 a 0». 22 de setembro de 2012. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 20 de dezembro de 2013 
  30. CBV. «SUPERLIGA B 2013- OLYMPICO/MARTMINAS/UPTIME». Consultado em 16 de junho de 2016. Arquivado do original em 9 de março de 2016 
  31. CBV. «SUPERLIGA B 2014- OLYMPICO/MARTMINAS/UPTIME». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 24 de junho de 2016 
  32. CBV. «SUPERLIGA B 2014- TORNEIO MASCULINO-CLASSIFICAÇÃO FINAL» (PDF). 12 de abril de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de março de 2016 
  33. CBV. «SUPERLIGA MASCULINA 2013/2014- RJ VOLEI». Consultado em 6 de agosto de 2014 
  34. Felipe Mendes. «RJ Vôlei ganha três reforços para disputa dos playoffs da Superliga». 6 de março de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  35. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2013/2014-Playoffs». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 22 de julho de 2014 
  36. CBV. «Superliga 2013/2014-Classificação». Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 22 de julho de 2014 
  37. Folha Militar Online. «Brasil é tricampeão mundial militar de vôlei masculino». 30 de julho de 2014. Consultado em 16 de junho de 2016 
  38. Escola de Educação Física do Exército. «ENCERRAMENTO DO 33º CAMPEONATO MUNDIAL DE VOLEI». 29 de julho de 2014. Consultado em 16 de junho de 2016. Arquivado do original em 29 de novembro de 2014 
  39. CISM. «33rd WORLD MILITARY VOLLEYBALL CHAMPIONSHIP-MALE-Pág.08» (em inglês). 28 de julho de 2014. Consultado em 29 de maio de 2017 
  40. Espaço do Vôlei. «UFJF deve confirmar contratações de ponteiro Sergio e oposto Alemão». 28 de maio de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014 
  41. Move It Sports. «Equipe de vôlei da UFJF inicia treinamentos para temporada 2014/2015 com três técnicos». 22 de julho de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  42. CBV. «Superliga 2014/2015-CLASSIFICAÇÃO GERAL-FASE CLASSIFICATÓRIA (P4)». Consultado em 16 de junho de 2016. Arquivado do original em 9 de março de 2016 
  43. «Athlete profile». CISM (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2016 
  44. «Volleyball -Team Roster-Men's Gold Medal Match». CISM (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2016 
  45. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Carômetro-Conheça nossos atletas-ALEXANDER SZOT MARCZEWSKI». Consultado em 16 de junho de 2016. Arquivado do original em 11 de junho de 2016 
  46. «Results of Men's Gold Medal Match». CISM (em inglês). Korea2015mwg.org. Consultado em 16 de junho de 2016. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2015 
  47. «Alexander Szot "Alemão"». Almería Volley (em espanhol). Consultado em 29 de maio de 2017. Cópia arquivada em 29 de maio de 2017 
  48. «Alemao, el ataque de Unicaja Almería tiene acento carioca». Almería Volley (em espanhol). Consultado em 29 de maio de 2017 
  49. a b RFEVB-Real Federación Española de Voleibol (29 de abril de 2017). «Can Ventura Palma es el nuevo campeón de Superliga masculina» (em espanhol). Consultado em 29 de maio de 2017 
  50. a b RFEVB-Real Federación Española de Voleibol (2017). «Superliga Masculina-2016/2017-Opuesto» (em espanhol). Consultado em 29 de maio de 2017