Jogos Mundiais Militares de 2011

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jogos Mundiais Militares de Verão de 2011
5th Military World Games
Logotipo oficial.
Logotipo oficial.
Dados
Países participantes 88
Slogan The Peace Games!
Os Jogos da Paz!
Entidade responsável CISM
País anfitrião  Brasil
Atletas 6 000
Eventos 20 modalidades esportivas
Cerimônia de abertura 16 de julho
Cerimônia de encerramento 24 de julho
Abertura oficial Presidente Dilma Rousseff
Juramento do atleta Mar Isabel Swan
Juramento do árbitro Sgt Marcelo de Lima Henrique
Tocha Sd Edson Arantes do Nascimento
Estádio principal Estádio Olímpico João Havelange
Site oficial rio2011.com.br
◄◄ Índia 2007 {{{evento}}} 2015 Coreia do Sul ►►

Os Jogos Mundiais Militares de 2011, oficialmente denominados V Jogos Mundiais Militares do CISM, foi evento multi-esportivo militar realizado entre 16 e 24 de julho, no Rio de Janeiro, Brasil.

Durante os nove dias de competição, mais de 5.650 atletas de 88 [1] países competiram em 20 modalidades esportivas sendo uma disputada pela primeira vez nos jogos, o voleibol de praia que é um esporte de demonstração, mas no entanto será somado ao quadro de medalhas. O Brasil foi representado por 268 atletas em todas as modalidades.[2]

Foi a primeira vez que este tipo de evento aconteceu em um país do continente americano. Os Jogos Militares são o quarto maior evento multi-esportivo do mundo, perdendo apenas para os Jogos Olímpicos, Jogos Paraolímpicos e a Universíada.

Processo de candidatura[editar | editar código-fonte]

A escolha do Brasil para sediar os V Jogos Mundiais Militares aconteceu em maio de 2007, a cidade sede dos jogos foi eleita em votação realizada na 62ª Assembléia Geral do Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM), em Ouagadougou, em Burkina Faso, na África. O Brasil disputou com a Turquia o direito de sediar os jogos. No julgamento final, a infraestrutura esportiva já estabelecida no Rio de Janeiro para os Jogos Pan-Americanos de 2007, a experiência na realização de grandes eventos e o apoio demonstrado pelas autoridades locais ao projeto foram decisivos para a vitória do Brasil.[3]

Mascote[editar | editar código-fonte]

A escolha do nome da mascote foi realizada por votação através do site oficial. Foram três opções de nomes que ficaram disponíveis aos internautas. Ao término da votação, foi contabilizado um total de 81.537 votos, provenientes do Brasil e do exterior.

O nome Arion, de origem grega, que significa "O Que Tem Energia" venceu com mais da metade da preferência dos internautas (41.069 votos). O segundo lugar ficou com o nome Turi, que obteve 25.339 votos. O nome SuperPax foi o terceiro colocado, com 15.129 votos.

A mascote Arion tem sua origem no tema central dos 5º Jogos Mundiais Militares do CISM, que é a promoção da paz por meio do esporte. Buscando aproximar-se do público infantil, o Comitê de Planejamento Operacional foi buscar junto ao conceituado desenhista Mauricio de Sousa a melhor maneira de ilustrar esse conceito.[4]

Locais de competição[editar | editar código-fonte]

Utilizou a mesma estrutura do Jogos Pan-americanos de 2007, com muitos dos locais de competições servindo a ambas as competições, tais como o Estádio Olímpico João Havelange e o Complexo Esportivo Deodoro, qu abrigaram boa parte das competições. Também foram usados equipamentos esportivos internos de centro militares das três forças.

Além dos locais de competição no Rio de Janeiro, foram locais de competição o Aeroporto de Resende e a Academia Militar das Agulhas Negras em Resende para o paraquedismo, o Centro de Instrução Avelar do 32º B I Mtz em Paty do Alferes para orientação, a Floresta Nacional Mário Xavier em Seropédica para o pentatlo aeronáutico e orientação e o Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita para o futebol.

Países participantes[editar | editar código-fonte]

Em negrito o país-sede dos jogos.

Vilas militares[editar | editar código-fonte]

Os atletas foram alojados em três Vilas militares, que foram construídas em terrenos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica: a Vila Branca, em Campo Grande, a Vila Verde, em Deodoro, e a Vila Azul, no Campo dos Afonsos.

As instalações teve capacidade para receber até 8.332 atletas, integrantes de comissões técnicas e oficiais dos 110 países aguardados. Após o término das competições, os apartamentos serão destinados à moradia de oficiais e praças das três Forças Armadas.

Foram utilizados mais ou menos 106 edifícios com 1.206 apartamentos de três quartos comuns e um reversível. Cada imóvel teve aproximadamente 100m². O orçamento empregado para a construção das três vilas foi de 400 milhões de reais.[5]

Esportes[editar | editar código-fonte]

Calendário[editar | editar código-fonte]

 ●  Cerimônia de abertura  ●  Competições  ●  Finais de competições  ●  Cerimônia de encerramento
Agosto 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
Cerimônias
Atletismo
Basquetebol
Boxe
Esgrima
Futebol
Hipismo
Judô
Natação
Orientação
Paraquedismo
Pentatlo aeronáutico
Pentatlo militar
Pentatlo moderno
Pentatlo naval
Taekwondo
Triatlo
Tiro
Vela
Voleibol
Voleibol de praia

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Ver também: Quadro de medalhas dos Jogos Mundiais Militares de 2011

     País sede destacado.

 Ordem  País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 45 33 36 114
2  China 37 28 34 99
3  Itália 14 13 24 51
4  Polónia 13 19 11 43
5  França 11 3 3 17
6  Coreia do Sul 8 6 8 22
7  Coreia do Norte 7 2 3 12
8  Quénia 6 5 5 16
9  Alemanha 5 19 11 36
10  Ucrânia 5 4 9 18

Fatos[editar | editar código-fonte]

Foi construído no Estádio Olímpico João Havelange o maior painel de led da América Latina. O aparelho exibiu os momentos das cerimônias de abertura e encerramento do evento.[6] A estrutura teve 190 metros quadrados[carece de fontes?].

Referências

  1. http://www.rio2011.mil.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1124&Itemid=643&lang=pt
  2. «Delegação brasileira». Site oficial. Consultado em 27 de julho de 2011 
  3. «Apresentação dos Jogos Rio 2011». Site oficial. Consultado em 27 de julho de 2011 
  4. «Arion e a Tropa da Paz». Site oficial. Consultado em 27 de julho de 2011 
  5. «Vilas de Atletas Militares». Site oficial. Consultado em 27 de julho de 2011 
  6. uol. «Maior painel de led da América Latina nos Jogos Militares». Consultado em 2 de janeiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Jogos Mundiais Militares são lançados no Rio