Alfred Jules Ayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alfred Jules Ayer
Nascimento 29 de outubro de 1910
Londres
Morte 27 de junho de 1989 (78 anos)
Londres
Cidadania Reino Unido
Alma mater Christ Church, Eton College
Ocupação filósofo da ciência, pedagogo, filósofo, professor
Influências
Empregador University College London
Movimento estético ateísmo, positivismo lógico
Religião ateísmo

Alfred Jules Ayer (Londres, 29 de outubro de 1910Londres, 27 de junho de 1989) foi um educador e filósofo britânico, proponente do positivismo lógico. Filho de pai suíço e mãe belga, Ayer estudou no Reino Unido, em Eton e Oxford. Foi professor na Universidade de Londres entre 1946 e 1959, onde teve a cátedra de Filosofia da Mente e Lógica.

Vida e Obra[editar | editar código-fonte]

Depois de se formar em Oxford, em 1932, estudou em Viena durante um ano, antes de regressar a Oxford e divulgar em Inglaterra a obra e a filosofia do Círculo de Viena. O seu trabalho principal foi "Language, Truth and Logic", editado em 1936, constituiu a apresentação do positivismo a um público mais vasto de língua inglesa. Seguiu-se-lhe "The Fundations of Empirical Knowledge", em 1940. Em 1956 publicou "The Problem of Knowledge", uma introdução à epistemologia que exerceu uma grande influência. Nos últimos anos, Ayer voltou-se cada vez mais para a história da filosofia, escrevendo livros sobre Moore e Russel, o pragmatismo, Hume e Voltaire. [1]

Ayer teve também um papel proeminente na visa política da Grã-Bretanha, escrevendo para o público em geral, e abraçou uma quantidade de causas liberais.

Obras traduzidas em português[editar | editar código-fonte]

  • Ayer, A. J.- Linguagem, Verdade e Lógica. Lisboa. Editorial. Presença.1991
  • Ayer, A. J.- O Problema do Conhecimento. Lisboa. Editora Ulisseia. s/d.
  • Ayer, A. J.- As Questões Centrais da Filosofia. Rio de Janeiro.Zahar.1975
  • Ayer, A. J.- Hume. Lisboa. Pub. D. Quixote.
  • Ayer, A. J.- As Ideias de Bertrand Russel. São Paulo. Cultrix. 1984

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Simon Blackburn. Dicionário de Filosofia. Gradiva, 1997

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Graham Macdonald, 2010. Alfred Jules Ayer. Stanfordd Encyclopedia of Philosophy

Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia