Altevir Sales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Altevir Sales
Informações pessoais
Nome completo Altevir Guilhem de Sales
Data de nasc. 21 de agosto de 1948 (70 anos)
Local de nasc. Curitiba,  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Informações profissionais
Período em atividade década de 1950-1985
Posição goleiro

Altevir Guilhem de Sales (Curitiba, 21 de agosto de 1948) é um ex-futebolista e técnico brasileiro. Como futebolista, sua posição foi o de goleiro[1].

Recorde[editar | editar código-fonte]

Altevir Sales detém o recorde do goleiro com maior números de partidas sem levar gols num único certame do campeonato regional do Paraná, fato ocorrido no Campeonato Paranaense de Futebol de 1977 quando Altevir era goleiro do Clube Atlético Paranaense[2]. As partidas são[3]:

campeonato data jogo
Campeonato Paranaense de Futebol de 1977 25 de junho de 1977 Atlético 1×0 Londrina
idem 29 de junho de 1977 Atlético 6×0 Mourãoense
idem 3 de julho de 1977 Coritiba 0×0 Atlético
idem 10 de julho de 1977 Atlético 1×0 Colorado
idem 13 de julho de 1977 Atlético 0×0 Matsubara
Campeonato Paranaense de Futebol de 1977 17 de julho de 1977 Iguaçu 0×0 Atlético
idem 20 de julho de 1977 Atlético 0×0 Coritiba Prorrogação: Atlético 1×0
idem 31 de julho de 1977 Atlético 0×0 União Bandeirante
idem 7 de agosto de 1977 Matsubara 0×1 Atlético
idem 14 de agosto de 1977 Colorado 0×0 Atlético
idem 17 de agosto de 1977 Atlético 1×0 Iguaçu

O recorde contabiliza 11 partidas completas e/ou 1066 minutos (somados tempo extra/prorrogação e 16 minutos do último jogo em que sofreu, novamente, um gol)[4].

Obs: Durante essa sequência, houve alguns jogos em que o reserva Cícero atuou como titular. Esses jogos não foram inclusos na listagem acima e esta sequência só foi quebrada aos 16 minutos do primeiro tempo no jogo contra o Grêmio Maringá no dia 28 de agosto de 1977. O gol que acabou com a sequência invicta foi marcado pelo zagueiro do própria Atlético (seu apelido era Belga), ou seja, gol contra[5].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Curitibano, Altevir iniciou sua carreira nas categorias de base[6] dos times do Operário Mercês e Britânia em 1965 até 1969 e neste ano foi transferido para o Guarani de Ponta Grossa como profissional. Passou pelo Coritiba, Cascavel e Grêmio Maringá e em 1972 foi contratado pelo Clube Atlético Paranaense[7], ficando neste clube até 1977 (ano do recorde)[8]. Logo após, retornou ao Coritiba e ainda defendeu a "meta" dos times do Botafogo de Ribeirão Preto, CAP, Francana de São Paulo, Orlândia (SP). Encerrou a carreira em 1985, no Botafogo de Ribeirão Preto e em 1993 tornou-se técnico de futebol no Trieste F.C. (time de futebol amador de Curitiba). Como profissional, foi campeão paranaense pelo Coritiba em 1979.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências