Lista de goleiros com maior tempo sem sofrer gol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lista de goleiros com maior tempo sem sofrer gol. Para tanto, consideram-se apenas os 50 maiores recordes individuais, conquistados em competições oficiais reconhecidas pela FIFA.

Na contagem de tempo, serão levados em conta apenas os minutos em campo (excetuando tempo de descontos exceto quando verificáveis — quando o gol sair depois dos 45 minutos de qualquer um dos tempos), ou seja, não se consideram os intervalos de jogos e/ou temporadas.[1]

Ordem Goleiro Tempo (minutos) Time Campeonato Observação
1 Brasil Mazaropi[2] 1 816 Brasil Vasco Campeonatos Cariocas de 1977 e 1978 Recorde mundial[2]
2 Brasil Neneca[3][4] 1 636 Brasil Náutico Campeonato Pernambucano de 1974
3 Brasil Jorge Reis[4] 1 604 Brasil Rio Branco Entre 1970 e 1971
4 Egito El Batal[3] 1 442 Egito Al-Ahly ?
5 Bélgica Dany Verlinden[2] 1 390 Bélgica Club Brugge 3 de março a 26 de setembro de 1990
6 Argentina Buljubasich[3] 1 352 Chile Universidad Católica ?
7 Países Baixos Edwin van der Sar[5] 1 311 Inglaterra Manchester United 2008 a março de 2009 Recorde no Campeonato Inglês.[2]
8 Espanha Abel Resino[2] 1 275 Espanha Atlético de Madrid 1991
9 Brasil Daniel Tenenbaum 1 272 Israel Maccabi Tel Aviv Campeonato Israelense de Futebol Temporada 2018/19 e 2019/20, Recorde no Campeonato Israelense [6]
10 Brasil Zetti[7] 1 238 Brasil Palmeiras Campeonato Paulista de 1987
11 Portugal Vítor Baía 1 192 Portugal Porto setembro de 1991 a janeiro de 1992 Recorde no Campeonato Português
12 Itália Dino Zoff[2] 1 143 Itália Itália 20 de setembro de 1972 a 15 de junho de 1974 Recorde em jogos internacionais.[2]
13 Brasil Jairo[8] 1 132 Brasil Corinthians Campeonato Brasileiro de 1978 Recorde no Campeonato Brasileiro.[2]
14 Brasil Emerson Conceição[9] 1 108 Brasil Paysandu Campeonato Brasileiro de 2016 - Série B
15 Portugal Manuel Bento 1 081 Portugal Benfica Temporada 1980
16 Argentina Carlos Barisio[10] 1 075 Argentina Ferro Carril Oeste Campeonato da Primeira Divisão de 1981 Recorde no Campeonato Argentino
17 Brasil Altevir Sales[11][12] 1 066 Brasil Clube Atlético Paranaense Campeonato Paranaense de 1977
18 Brasil Eli Graciano[13] 1 060 Brasil EC São Bernardo Campeonato Paulista - Série A2
19 Brasil Émerson Leão[14] 1 057 Brasil Palmeiras Campeonato Brasileiro de 1973
20 Brasil Ladel[15] 1 027 Brasil Operário 1980 Recorde paranaense de goleiro que ficou mais tempo sem tomar gols
21 Brasil Raul Plassmann[16] 1 016 Brasil Cruzeiro Campeonato Mineiro de 1969 Recorde mundial na ocasião
22
Brasil Rogério Ceni[17] 988 Brasil São Paulo Campeonato Brasileiro de 2007
23 Brasil Juliano Aparecido dos Santos[18] 951 Brasil Guarani Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série C Temporada de 2013.
24 Brasil Acácio[19] 915 Brasil Vasco Campeonato Brasileiro de 1988
25 Brasil Weverton 887 Brasil Palmeiras Campeonato Brasileiro de 2018, Copa do Brasil de 2018 e Copa Libertadores da América de 2018
26 Espanha Victor Valdés[20] 877 Espanha Barcelona Liga dos Campeões da UEFA Temporada de 2011.
27 Brasil Marcelo Grohe[21] 870 Brasil Grêmio Temporada 2018
28 Brasil Diego 864 Brasil Independente de Limeira Campeonato Paulista de 2011 - Série B
29 BrasilVanderlei 842 Brasil Santos Campeonato Brasileiro de 2018 Sequência em andamento [22]
30 Chile Claudio Bravo[23] 835 Espanha Barcelona Campeonato Espanhol de 2014–15
31 Espanha Miguel Reina[20] 824 Espanha Barcelona Liga dos Campeões da UEFA Temporadas de 1972 e 1973.
32 Brasil Renan[24] 795 Brasil Internacional-RS Campeonato Brasileiro de 2006
33 Brasil João Leite[25] 773 Brasil Atlético-MG Campeonato Brasileiro de 1978
34 Brasil Paulo César[26] 756 Brasil Sport Campeonato Brasileiro de 1985
35 Brasil Fernando Prass 748 Brasil Vasco Campeonato Brasileiro de 2012
36 Brasil Marolla[27] 739 Brasil Atlético-PR Campeonato Brasileiro de 1986
37 Brasil Zé Carlos[28] 710 Brasil Botafogo-RJ Campeonato Brasileiro de 1978
38 Brasil Taffarel[29] 701 Brasil Internacional-RS Campeonato Brasileiro de 1987
39 Brasil Waldir Peres[30] 694 Brasil São Paulo Campeonato Brasileiro de 1983
40 Brasil Cantarele[31] 630 Brasil Flamengo Campeonato Brasileiro de 1974
40 Brasil Marcelo Lomba 630 Brasil Internacional-RS Campeonato Brasileiro de 2018 Sequência em andamento [32]
42 Brasil Carlos[33] 626 Brasil Ponte Preta Campeonato Brasileiro de 1977
43 Brasil Agnaldo[34] 610 Brasil Vitória Campeonato Brasileiro de 1973
44 Brasil Diego[35] 607 Brasil Ceará Campeonato Brasileiro de 2010
45 Brasil Picasso[36] 601 Brasil Grêmio Campeonato Brasileiro de 1974
46 Brasil Diego Alves[37] 599 Brasil Flamengo Temporada 2018
47 Brasil José Amauri Soares dos Santos[38] 589 Brasil Goiás Campeonato Brasileiro de 1973
48 Argentina Sebastián Saja[39] 587 Argentina Racing Campeonato de Primeira Divisão de 2015
49 Argentina Agustín Cejas[10] 586 Argentina Racing Campeonato de Primeira Divisão de 1966
50 Brasil Luiz Antônio Vieira[40] 585 Brasil Bahia Campeonato Brasileiro de 1977

Referências

  1. Veja os goleiros que ficaram mais tempo sem sofrer gols
  2. a b c d e f g h «"Van der Sar estabelece 3ª maior sequência sem sofrer gols da história"»  Uol Esporte, 6/3/2009, acessado em 6/3/2009
  3. a b c «"As polêmicas marcas de Mazarópi, Neneca e Van der Sar"» [ligação inativa] Paulo Vinicius Coelho, ESPN Brasil, 26/2/2009
  4. a b Mauro Pinheiro (5 de setembro de 1975). «O recordista». Placar (284). São Paulo: Editora Abril. p. 34 
  5. "Manchester volta a ter folga na liderança", Jornal da Tarde, 5/3/2009, pág. 13C
  6. Raz, Guy (14 de dezembro de 2019). «Ness Ziona hold Maccabi to 1-1 draw». Maccabi Tel Aviv Sitio Oficial. Consultado em 06 de janeiro de 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. "A nova safra paulista", Placar número 900, 31/8/1987, Editora Abril, pág. 36
  8. "Terrão é a solução", Placar número 1.305-A, maio de 2007, "Guia 2007 Brasileirão", Editora Abril, pág. 35
  9. «Paysandu sai perdendo por 2 a 0, mas reage nos minutos finais e empata com o CRB». globoesporte.globo.com/. 23 de julho de 2016. Consultado em 24 de julho de 2016 
  10. a b http://www.lanacion.com.ar/1121242-migliore-buscara-superar-records-en-el-arco-de-racing
  11. «A façanha do ex-goleiro Altevir»  Site Paraná-Online de 19 de novembro de 2003
  12. «História: Ex-goleiro Altevir relembra seus momentos de jogador» [ligação inativa] CAP 4 EVER
  13. Abril, Editora (24 de setembro de 1982). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  14. "Palmeiras — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 101
  15. Portal Terceiro Tempo. «Que fim levou: Ladel» 
  16. RIBEIRO, Henrique: "Almanaque do Cruzeiro", 2007, edição do autor, pág. 183
  17. "São Paulo — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 119
  18. [1][ligação inativa] Guarani tem nova recorde para a história
  19. "Vasco — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 131
  20. a b [2] Arquivado em 3 de novembro de 2011, no Wayback Machine. Fifa.com Recordes de Jonas e do Barcelona
  21. Marcelo Grohe voltou a levar um gol após quase 10 jogos. Foram 870 minutos sem ser vazado, marca pessoal atingida pelo goleiro gremista e encerrada com gol de Jean Mota, do Santos UOL Esportes - acessado em 8 de maio de 2018
  22. «Vanderlei alcança recorde de goleiro há mais tempo sem sofrer gols no Santos - A Tribuna». www.atribuna.com.br. Consultado em 17 de setembro de 2018 
  23. Claudio Bravo bate recorde
  24. "Internacional — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 83
  25. "Atlético-MG — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 23
  26. "Sport — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 125
  27. "Atlético-PR — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 29
  28. "Botafogo — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 35
  29. "Sede de vingança", Placar número 1.292-A, abril de 2006, "Guia 2006 Brasileirão", Editora Abril, pág. 57
  30. "Ganhar não enjoa?", Placar número 1.305-A, maio de 2007, "Guia 2007 Brasileirão", Editora Abril, pág. 87
  31. "Flamengo — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 59
  32. «Marcelo Lomba, destaque do jogo, elogia consistência defensiva do Inter». www.correiodopovo.com.br. Consultado em 3 de setembro de 2018 
  33. "Macaca assustada", Placar número 1.292-A, abril de 2006, "Guia 2006 Brasileirão", Editora Abril, pág. 73
  34. "Vitória — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 136
  35. "Ceará — História", Placar número 1.354-A, maio de 2011, "Guia 2011 Brasileirão", Editora Abril, pág. 60
  36. "Grêmio — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 77
  37. D. Alves minimiza marca individual, celebra vaga e diz: 'Eu quero ganhar' Terra Esportes - acessado em 18 de maio de 2018
  38. "Goiás — História", Placar número 1.318-B, maio de 2008, "Guia 2008 Brasileirão", Editora Abril, pág. 71
  39. "http://deportes.terra.com.ar/futbol/primera-division/racing-saja-batio-record-pero-fue-culpable-de-la-derrota,1951fa6dea58b410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html
  40. "A peixeira cantou no Bahia", Placar número 1.256, março de 2003, "Guia do Brasileirão 2003", Editora Abril, pág. 19