António Cordeiro (ator)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
António Cordeiro
Nome completo António Cordeiro
Nascimento 18 de maio de 1959
Pias, Serpa, Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Morte 30 de janeiro de 2021 (61 anos)
Lisboa, Portugal
Ocupação Ator

António Cordeiro (Serpa, 18 de maio de 1959 - Lisboa, 30 de janeiro de 2021[1][2]) foi um ator português, direcionado principalmente para televisão.

A carreira de António Cordeiro iniciou-se em 1987, na série Duarte e Companhia, desenvolvendo-se sobretudo na televisão.[2] Tornou-se especialmente conhecido do grande público em 1991, quando protagonizou a série policial Claxon, no papel do detetive do mesmo nome.[3]

A última novela em que participou foi Espelho d" Água, na SIC, em 2018.[2]

No cinema, participou em filmes como Os Olhos da Ásia e Índice Médio de Felicidade, o O Processo do Rei e Um Gato, Um Chinês e o Meu Pai.[2][3]

Em 2017 foi diagnosticado com paralisia supranuclear progressiva, doença rara e degenerativa que o foi privando da fala e dos movimentos até estar confinando a uma cama. Morreu a 30 de janeiro de 2021, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, aos 61 anos.[2][1]

Era casado com Helena Cristina Almeida.[2]

Principais trabalhos[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Morreu o actor António Cordeiro». DNOTICIAS.PT. Consultado em 31 de janeiro de 2021 
  2. a b c d e f «Ator António Cordeiro morreu este sábado aos 61 anos - JN». www.jn.pt. Consultado em 31 de janeiro de 2021 
  3. a b «Morreu o ator António Cordeiro, aos 61 anos». www.cmjornal.pt. 30 de janeiro de 2021. Consultado em 31 de janeiro de 2021