Antonia Fraser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Antonia Fraser
Nascimento 27 de agosto de 1932 (89 anos)
Londres,  Reino Unido
Prémios James Tait Black Memorial Prize (1969)
Género literário Romance, conto
Movimento literário Pós-modernismo

Antonia Margaret Caroline Fraser CH DBE FRSL (27 de agosto de 1932), mais conhecida como Antonia Fraser, é uma biógrafa e escritora britânica. Escreveu várias biografias e romances policiais. Nascida na família dos Condes de Longford, mais tarde tornou-se a segunda esposa do dramaturgo Harold Pinter, vencedor do Nobel de Literatura de 2005. Seu primeiro marido foi o membro do parlamento britânico, Hugh Fraser. Sua biografia de Maria Antonieta teria encantado Sofia Coppola, que a adaptou para o cinema na forma do filme Marie Antoinette, de 2006.

Honras[editar | editar código-fonte]

Fraser foi condecorada com a Comendadora da Ordem do Império Britânico (CBE) nas honras de aniversário de 1999 e foi promovida a Dama Comendadora da Ordem do Império Britânico (DBE) nas honras de ano novo de 2011, pelos seus serviços na literatura.[1] Ela foi condecorada como Membra da Ordem dos Companheiros de Honra (CH) nas honras do ano novo de 2018.

Obras (parcial)[editar | editar código-fonte]

Romances históricos[editar | editar código-fonte]

  • King Arthur and the Knights of the Round Table (1954, 1970)
  • Robin Hood (1955)

Série Jemima Shore[editar | editar código-fonte]

  • Quiet as a Nun (1977)
  • The Wild Island (1978). (também como Tartan Tragedy)
  • A Splash of Red (1981)
  • Cool Repentance (1982)
  • Oxford Blood (1985)
  • Jemima Shore's First Case (1986)
  • Your Royal Hostage (1987)
  • The Cavalier Case (1990)
  • Jemima Shore at the Sunny Grave (1991)
  • Political Death (1995)

Referências

  1. «2011 New Year Honours». London Gazette (em inglês) (59647). 31 de dezembro de 2010. p. 6 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.