Arruela (heráldica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As armas de Courtenay, datando do início da era da heráldica e ainda em uso pelo Conde de Devon hoje, mostra arruelas de esmalte gules: Or, três tortas

Uma arruela ou roundel é uma carga circular em heráldica. Arruelas estão dentre as mais antigas cargas usadas em brasões de armas, datando do início da era da heráldica na Europa, circa 1200-1215.

Diferentes arruelas[editar | editar código-fonte]

Arruelas na heráldica britânica têm diferentes nomes dependendo de seu esmalte.[1] Desse modo, enquanto uma arruela pode ser brasonada por seu esmalte, por exemplo, um roundel vert (literalmente "uma arruela verde"), ele é mais frequentemente descrito por uma simples palavra, neste caso pomme (literalmente "maçã", do francês) or, da mesma origem, pomeis — como em "Vert; em uma cruz Or cinco pomeis" (Scottish Public Register vol. 32, p. 26).

Metais Cores
besant
Um círculo de ouro
besante
plate
Um círculo de prata
prata
heurte
Um círculo azul
fruto
torteau
Um círculo vermelho
torta
ogoese
Um círculo preto
pastilha
pomme
Um círculo verde
maçã
gulpe
Um círculo roxo
ferida
orange
Um círculo laranja
laranja
guse
Um círculo sanguinho
olho

Um ogoese pode também ser chamado como um ogra.[2]

No brasonamento francês, uma arruela de oito metais (or ou argento) é um besant (besante), e uma arruela de alguma cor (esmalte escuro) é uma torteau (torta), com o esmalte especificado. No brasonamento alemão, a palavra geral para uma arruela é eine Kugel; uma arruela de prata pode também ser chamado ein Ball, e uma arruela de ouro eine Bille.

Formas e variações[editar | editar código-fonte]

Roeles.svg

Se a cor for de metal, a arruela é um besante, se de esmalte, a arruela é uma torta.

  • O besante é de ouro por omissão. (Fig. 1 de azur a um besante.)
  • se é de prata, deve-se brasonar besante de prata ou utilizar o sinônimo prateado. (Fig. 2 de gules a um prateado no chefe.)

As tortas, mais ricas em tintas, produziram uma nomenclatura, que não é muito utilizada:

  • a torta de gules chama-se também: guso (Fig. 3 de oro a tres gusos. A posição 2 e 1 é a posição, por omissão. Não se brasona)
  • a torta de blau chama-se também: heurte (Fig. 4 de prata a três heurtes posicionados em banda)
  • a torta de sable chama-se também: ogoese(Fig. 5 de ouro a cruz azure cantonada de quatro ogoeses)
  • a torta de vert chama-se também: somme, volet, pomme ou maçã (Fig. 6 de prata a duas maçãs alinhadas em pala).
  • a torta de púrpura chama-se também: gulpe (Fig. 7 de ouro a três gulpes mal ordenados - "oposto" do "bem" ordenado: 2 e 1)

Variações frequentes são obtidas por partido (cortado em duas partes de forma vertical)

  • metal-esmalte é um besante-torta (não podendo carregar mais de um esmalte: Fig. 8 de sable a um besante-torta de ouro e vert posicionado no ponto de honra)
  • esmalte-metal é uma torta-besante (não podendo carregar mais de um metal: Fig. 9 de ouro a uma torta-besante de azul e prata)

Olho de falcão, definido como plano rodeado de um anel de sable de uma maneira quase unânime encontra-se assim definido no dicionário de L-A Duhoux de Argicourt,[3] mas neste mesmo dicionário, encontra-se um exemplo contraditório de um ogoese como sendo "carregado de um grande ponto de prata" (deixa a possibilidade teórica de ser carregado por um metal não sendo mais que ogoese, ou um esmalte sendo planos...) (Fig. 10: fendido de ouro e vert, com um olho de falcão sobre tudo.)

Arruelas especiais[editar | editar código-fonte]

Uma fonte

Fonte[editar | editar código-fonte]

Um exemplo especial de uma arruela nomeado é a fonte, retratado como uma arruela barrada ondulada argento e azure, que é, contendo bandas onduladas horizontais de azul e prata (ou branco). Devido ao fato da fonte consistir igualmente de partes em um esmalte claro e um escuro, seu uso não é limitado pela regra de esmalte como são as outras arruelas. Outro nome para a fonte é syke (inglês nortista para "fonte").[4][5] Um dos usos mais conhecidos e antigos da fonte é nas armas da família Stourton.

Semeado[editar | editar código-fonte]

Nos seus primeiros usos, arruelas foram frequentemente espalhadas ou semeadas como sementes (latim: semen -itis, uma semente) sobre o campo de um brasão de armas, brasonado como semée/semeado, um arranjo com numerosas variedades. Por exemplo, um campo semeado de pratas (isto é, arruelas argento) poderia ser brasonado prateado; um campo semeado de ogoeses (isto é, arruelas sable) poderia ser brasonado ogoesado. O número preciso e a posição das arruelas em tais casos foi geralmente deixado à critério do artista.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Fox-Davies, Arthur Charles (1909). A Complete Guide to Heraldry. [S.l.: s.n.] p. 151 
  2. Woodcock, Thomas; Robinson, John Martin (1988). The Oxford Guide to Heraldry. Oxford: Oxford University Press. p. 204. ISBN 0-19-211658-4 
  3. L.A. Duhoux d'Argicourt (1899). Alphabet et Figures de tous les termes du Blason
  4. Fearn, Jacqueline (1980). Discovering Heraldry. [S.l.]: Shire. p. 25 
  5. Scottish National Dictionary of 1700: syke