Associação Atlética Cori-Sabbá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cori-Sabbá
AACoriSabba.png
Nome Associação Atlética Corisabbá
Alcunhas Águia
Cori
Mascote Águia
Fundação 24 de maio de 1973 (43 anos)
Estádio Tibério Barbosa Nunes (Tiberão)
Capacidade 4200
Localização Floriano (Piauí)
Presidente Brasil Maurício Miranda
Treinador Brasil Sem treinador
Competição Piauí Campeonato Piauiense
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Associação Atlética Corisabbá é um clube brasileiro de futebol da cidade de Floriano, no Estado do Piauí.

Foi fundado em 24 de maio de 1973 e seu nome tem origem na fusão de dois clubes amadores da cidade: o Corinthians (Cori) e o Auto-Posto Sabbá (Sabbá). Seu uniforme é composto de camisa com listras verticais pretas e brancas, calção preto e meias pretas. Manda seus jogos no Estádio Tibério Barbosa Nunes, o "Tiberão", com capacidade para 4.200 espectadores. O time tem uma torcida apaixonada que aparece em grande número ao estádio.

Em 1991, o Cori profissionalizou-se e participou pela primeira vez do Campeonato Piauiense vindo a ficar na oitava colocação, tendo como destaque o atacante Walberto que foi o artilheiro do campeonato com 15 gols.

No ano de 1995 foi Campeão Piauiense em cima do Caiçara. O atacante alvinegro Walberto foi novamente o artilheiro da competição com 15 gols ao lado de Brinquedo do Caiçara. No mesmo ano disputou a Série C do Campeonato Brasileiro vindo a ficar na lanterna do grupo 20 que tinha também o Coroatá-MA e o Picos-PI.

O clube ficou conhecido nacionalmente quando na primeira fase da Copa do Brasil de 1996 derrotou no jogo de ida por 1x0, gol de Bitonho, o Botafogo, na época o campeão brasileiro (no jogo de volta, no Rio, o Botafogo venceu por 3x0 e se classificou). No mesmo ano, a equipe foi vice-campeão piauiense, perdendo a final para o River. No segundo semestre disputou a Série C do Campeonato Brasileiro vindo a ficar em terceiro lugar no grupo 4 que tinha também Ferroviário-CE, Fortaleza e River-PI. Destaque para a vitória por 1 x 0 no Ferroviário em pleno Presidente Vargas em Fortaleza.

No ano de 1998 foi vice-campeão piauiense perdendo na final para o Picos. Disputou a Série C do Campeonato Brasileiro do mesmo ano, ficando na lanterna do grupo 2, que tinha também Ferroviário-CE, Fortaleza, Moto Club, Picos e Viana-MA. Destaque para o heróico empate com o Moto Club em pleno Castelão na preliminar do jogo entre Brasil e Iugoslávia.

Em 2016, o Cori, foi vice-campeão do Campeonato Piauiense Sub-19, conseguindo assim, uma vaga para a Copa São Paulo de Futebol Junior pela primeira vez na história do clube.

Em 2017 participou da copa Copa São Paulo de Futebol Junior. No primeiro jogo perdeu para o Nacional-SP, donos da casa, pelo placar de 2x1. Na segunda partida ganhou do Pérolas Negras do Haiti pelo placar de 1 x 0, gol do piauiense Douglas, quebrando um jejum de três anos que um time piauiense não ganhava um jogo na competição. Na terceira partida foi eliminado pelo bom time do Goiás pelo placar de 4 x 2, ficando em terceiro lugar no grupo e não se classificando para a próxima fase.

Principais ídolos[editar | editar código-fonte]

G - Álvaro

Z - Dilvan

L - Vanim

M - Bitonho

A - Walberto

A - Kamar

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.