Coroatá Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coroatá
Coroatá Futebol Clube.png
Nome Coroatá Futebol Clube
Fundação 8 de abril de 1986 [1]
Estádio Municipal Víctor Trovão
Capacidade 5.000
Presidente Brasil
Treinador Brunei
Competição Bandeira do Maranhão.svg Licenciado
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Coroatá Futebol Clube é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Coroatá, no estado do Maranhão. Suas cores são verde, vermelho e branco.

História[editar | editar código-fonte]

O Coroatá Futebol Clube foi fundado em no dia 08 de Abril de 1986. Sediado na município de Coroatá, seus jogos eram realizados no Estádio Vítor Trovão, o Vitão, com capacidade de 5.000 pessoas. Títulos que o time conquistou foram: Campeão do Intermunicipal do Maranhão em 1953; 1963 derrotando Pinheiro na final, 1977 ganhando o título em cima do Codó; e 1978 sagrando-se campeão derrotando o Paço do Lumiar. Em 1993 disputou o Torneio de Acesso que dava duas vagas para o Campeonato Maranhense 1995. Conquistou o título derrotando o Porto Franco FC. Os clubes que disputaram o Campeonato Maranhense de 1993 (Sampaio Correa, Moto Club, Tupan, Bacabal, Imperatriz, Americano e Caxiense) não queriam a participação do Coroatá e do Porto Franco, por não terem dinheiro para as viagens, que fariam para a realização do Campeonato. Depois da confusão, Coroatá e Porto Franco disputaram o Campeonato Maranhense 1994. Já na sua 2ª participação no Campeonato Maranhense da 1ª Divisão de 1995 , sagrou-se vice campeão, perdendo o título para o Maranhão Atlético Clube (realizou 28 jogos, venceu 15, empatou 9 partidas e perdeu apenas. O ataque marcou 40 gols e sofreu 20). Já no cenário nacional o Coroatá FC teve apenas uma participação no ano de 1995 quando disputou o Campeonato Brasileiro Série C, onde terminou na 42ª posição. Mais recentemente em 2008, como Coroatá Futebol Clube foi vice campeão Copa Maranhense (Mirante) de futebol sub - 18, o campeão foi o Americano de São Luís , perdendo de 4x1. fonte: Blog Futebol Maranhense

Intermunicipal de 1963[editar | editar código-fonte]

Coroatá foi o campeão do Torneio Intermunicipal do ano de 1963, vencendo a seleção de Pinheiro por 2 X 1. As figuras marcantes daquela seleção foram: Naninha, Alemão, Lambau, Osvaldinho e o goleiro Clóvis que defendeu dois pênaltis, dando o título ao selecionado de Coroatá daquele ano de 1963. Parabéns a todos os integrantes daquela famosa seleção que jamais serão esquecidos pelo povo da cidade de Coroatá. Todos estão gravados para sempre na memória dos que lhes conheceram. Em 1963 a Seleção de Coroatá foi a legítima campeã do Torneio Intermunicipal do Maranhão, quando venceu a equipe de Pinheiro no último jogo daquele torneio. A delegação de Coroatá contava com jogadores como: Bibiu, Lambau, Ernesto, Osvaldinho, Naninha,os goleiros Clóvis e Derréis, Dos Santos, Alemão, Ribinha e mais alguns que peço desculpas por não lembrar agora. Aqui em Coroatá, foi muito bonita a festa de chegada dos campeões e eu era menino, tinha apenas 13 anos, mas fiquei muito emocionado com aquela animação em Coroatá, terra onde eu nasci e que amo até hoje. Se eu pudesse voltar ao passado, gostaria de assistir tudo aquilo outra vez. O goleiro Clóvis, por onde anda? foi embora para o Rio de Janeiro e nunca mais voltou. Saudades daquele tempo, onde ele estiver que aceite o meu valioso voto de melhor goleiro da cidade até hoje... JJBFG
Time campeão do Intermunicipal de 1963: Clóvis, Ribinha, Nilo Braga, Luis Carlos, Lambau, Osvaldinho, Naninha, Dos Santos, Ernesto, Pelé, Alemão, Furtado Neto e Preguiçoso.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Desempenho em Competições[editar | editar código-fonte]

Maranhão Campeonato Maranhense - 1ª divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
1994
1995
1996

Maranhão Campeonato Maranhense - 2ª divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
1993 (Campeão e Promovido)

Brasil Campeonato Brasileiro Série C[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
1995 42º

Ídolos[editar | editar código-fonte]

  • Brasil Clóvis
  • Brasil Ribinha
  • Brasil Nilo Braga
  • Brasil Luis Carlos
  • Brasil Lambau
  • Brasil Osvaldinho
  • Brasil Naninha
  • Brasil Zé Carlos
  • Brasil Dos Santos
  • Brasil Ernesto
  • Brasil Pelé
  • Brasil Alemão
  • Brasil Furtado Neto
  • Brasil Preguiçoso
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Para aqueles desinformados, devo dizer que em 1963, já tinha treze anos, mas, posso afirmar que o goleiro da seleção coroataense, foi o Clóvis. O tal de Derréis só jogou uma partida, se contundiu e o Clóvis substitui muito bem, tendo até defendido pênalti contra a seleção de Bacabal. Quem postou o testo escrevendo Derréis como titular, está completamente desinformado e deveria procurar fazer uma correção. O goleiro Clóvis foi o "salvador da Pátria". Vamos respeitar, embora ele tenha se mudado para o Rio de Janeiro. Conheci muito bem e ele era mais goleiro que o Derréis. Era mais alto e sabia se colocar melhor, saindo do gol com mais firmeza. Agora estou morando em Barreirinha, mas ainda estou atento com meus 66 anos de idade. Em breve estarei em Coroatá para relatar mais detalhes inclusive tenho varias fotos do torneio intermunicipal de 1963. Já ouvi muita injustiça. Devo dizer que o goleiro do título foi o Clóvis e não o Derréis que se contundiu na segunda partida, onde Clóvis tomou a posição e se não fosse ele, o título não seria nosso. Por favor, não podemos esquecê-lo. Foi para mim, um dos heróis do título... JNL