Bad Boy Bubby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bad Boy Bubby
Tema incesto, História coming-of-age
País Austrália, Itália
Lançamento 1993, 27 de outubro de 1994
Gênero filme de comédia
filme dramático
filme sobre crimes
Duração 112 minutos
Prêmios recebidos Grande Prêmio do Júri

Bad Boy Bubby é um filme Australiano de 1993, de gêneros Humor negro e drama, escrito e dirigido por Rolf de Heer, estrelando Nicholas Hope e Carmel Johnson. O filme se tornou notório por romper as fronteiras do bom gosto com cenas fortes de violência, incesto e blasfêmia, entre outros assuntos tabu.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Bubby é um homem que passou os primeiros 35 anos de sua vida trancado no porão nojento de sua abusiva e controladora mãe. Tendo sido ensinado que o ar fora de lá é venenoso e que sair seria pecaminoso, ele só compreende a verdade quando seu pai ausente retorna e acaba com a já conturbada unidade familiar. Segue-se uma confrontação trágica, obrigando Bubby a entrar no mundo real. Não sabendo nada sobre a vida e claramente sofrendo de distúrbios mentais, ele sai cambaleando pela cidade, divagando um monólogo feito principalmente de frases prontas, ouvidas ao acaso. Seu comportamento é interpretado de diferentes maneiras por pessoas que ele encontra: alguns o acham louco, enquanto outros comparam seu estranho discurso e comportamento com brilhantismo.[1]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Bubby venceu 4 prêmios do Instituto Australiano de Cinema de 1994; Melhor Diretor (Rolf de Heer), Melhor ator principal (Nicholas Hope), Melhor Roteiro Original (Rolf de Heer), e Melhor Edição (Suresh Ayyar). Também foi nominado para melhor filme (Rolf de Heer) e Melhor Fotografia (Ian Jones).

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme australiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.