Bateria (energia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Visão de uma bateria veicular de seis células por dentro.

Bateria é um dispositivo eletroquímico de duas ou mais células para armazenamento de energia. Cada célula contém um terminal positivo (cátodo) e um terminal negativo (ânodo) [1]. O processo químico de troca de elétrons é conhecido como oxirredução.

Existe uma diferença básica entre pilha e bateria. A bateria é formado por várias pilhas em série ou paralela. [2][3][4]

As baterias podem ser compostas de diversos materiais, tamanhos e potência. Elas podem caber dentro de um relógio ou fornecer energia para um carro elétrico.

De acordo com estimativas, a indústria de produção de baterias movimenta US$48 bilhões de dólares por ano.[5]

Bateria de níquel-cádmio[editar | editar código-fonte]

São composta pelos elementos químicos: Níquel (Ni) e Cádmio (Cd). Foi usada em câmeras digitais, filmadoras e celulares. Por terem problemas de efeito memória ela foi substituída pela Bateria de íon-lítio‎[6].

Você não está visualizando a imagem que mostra - 6 tipos mais comuns de baterias
6 tipos mais comuns de baterias
Baterias de óxido de prata
Baterias de óxido de prata

Bateria de chumbo[editar | editar código-fonte]

Também chamada de bateria automotiva, é responsável por manter veículos automotivos e camiões com energia, mesmo quando desligados. Ela é composta por chumbo, e uma solução aquosa de ácido sulfúrico (H2SO4).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.