Bernard Baruch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bernard Baruch
Nascimento 19 de agosto de 1870
Camden
Morte 20 de junho de 1965 (94 anos)
Nova Iorque
Sepultamento Cemitério de Flushing
Cidadania Estados Unidos
Progenitores Pai:Simon Baruch
Filho(s) Belle W. Baruch
Alma mater City College of New York
Ocupação corretor de bolsa, político, empresário, financista, economista, banqueiro
Prêmios Prêmio Horatio Alger

Bernard Mannes Baruch (Camden, Carolina do Sul, 19 de agosto de 1870Nova Iorque, 20 de junho de 1965), foi um influente especulador, financeiro e conselheiro presidencial democrata. Bernard Baruch cunhou o termo Guerra Fria em 1947 , mais exatamente a 16 de abril, para expressar o momento de tensão entre os Estados Unidos da América e a União Soviética.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bernard Baruch nasceu em Camdem, na Carolina do Sul, filho de Simon e Belle Baruch. Ele foi o segundo de quatro filhos. O seu pai, Simon Baruch (1840-1921) era um imigrante alemão de origem judia, tendo chegado aos EUA em 1855, e exercido Medicina cirúrgica durante a guerra civil Americana.[1]

Os parentes judeus da sua mãe também imigraram para os EUA no século XIX e tinham negócios de navegação. Em 1881 a sua familia mudou-se para Nova Yorque e Bernard Baruch licenciou-se no City College de Nova Yorque, oito anos mais tarde.

Após licenciar-se, Bernard Baruch começou a trabalhar em Wall Street, eventualmente chegando a "broker", e depois "partner" na firma A. A. Housman and Company. Com os seus rendimentos e comissões, ele comprou um lugar na NYSE por $18,000 (aproximadamente ~460,000 dólares). Ele construiu uma fortuna antes dos 30 anos de idade via especulação no mercado de açúcar. Em 1903, ele possuía a sua própria corretora e tinha ganho a reputação de ser "O lobo solitário de Wall Street", devido à sua recusa em juntar-se a qualquer outra instituição financeira.

[1]Bernard M. Baruch Baruch: My Own Story (1957) dois volumes. ISBN 1-56849-095-X

Influências Políticas[editar | editar código-fonte]

Sua habilidade em tratar de assuntos financeiros lhe rendeu o status de Conselheiro Econômico dos Presidentes Norte-Americanos democratas Woodrow Wilson e Franklin Delano Roosevelt. Foi ele inclusive que, chefiando uma delegação de 117 sionistas, ao fim da Primeira Guerra, para assinar o Tratado de Versailes, chamou a atenção para a questão da promessa feita pelo secretário britânico, Arthur James Balfour, que prometeu ao Barão Rothschild a Palestina.

Referências

  1. «This Day in History 1947: Bernard Baruch coins the term "Cold War"». www.history.com. Consultado em 21 de janeiro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]