Blossoms in the Dust

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Blossoms in the Dust
Flores do Pó[1] (BRA)
 Estados Unidos
1941 •  technicolor •  99 min 
Direção Mervyn LeRoy
Produção Irving Asher
Mervyn LeRoy (não creditado)
Roteiro Anita Loos
Ralph Wheelwright
Elenco Greer Garson
Walter Pidgeon
Felix Bressart
Gênero drama
Música Herbert Stothart
Direção de fotografia Karl Freund
W. Howard Greene
Direção de arte Cedric Gibbons
Efeitos especiais Warren Newcombe
Figurino Adrian
Edição George Boemler
Companhia(s) produtora(s) MGM
Distribuição MGM
Lançamento Estados Unidos 25 de julho de 1941
Portugal 27 de janeiro de 1943
Idioma inglês
Orçamento US$1,112,000
Receita US$2,628,000

Blossoms in the Dust é um filme estadunidense de 1941, do gênero drama, dirigido por Mervyn LeRoy e estrelado por Greer Garson e Walter Pidgeon.

Produção[editar | editar código-fonte]

Greer Garson no trailer do filme. Ela foi indicada ao Oscar pela sua atuação.
Walter Pidgeon e Greer Garson em outra cena do trailer do filme.

Dramalhão lacrimoso que deu o estrelato a Greer Garson,[2] Blossoms in the Dust foi o primeiro dos três filmes que o diretor Mervyn LeRoy rodou com a atriz, todos indicados ao Oscar de Melhor Filme. Foi também o primeiro que Garson, a favorita de Louis B. Mayer entre as novas estrelas,[3] fez com Walter Pidgeon. O par agradou tanto, que a MGM reuniu-os outras sete vezes.

O filme foi ainda o primeiro de LeRoy rodado em Technicolor, um luxo numa época em que as cores eram reservadas principalmente para musicais e faroestes.[4] A fotografia, a cargo de W. Howard Greene e um desenvolto Karl Freund (cuja filmografia é constituída, na maior parte, por trabalhos em preto e branco), também foi distinguida pela Academia.

Ao todo, a película recebeu quatro indicações ao Oscar, tendo levado a estatueta de Melhor Direção de Arte.

O roteiro é baseado no personagem da vida real Edna Gladney, uma pioneira dos direitos das crianças desasssistidas e ilegítimas.

Ken Wlaschin considera Blossoms in the Dust um dos dez melhores filmes, tanto de Greer Garson quanto de Walter Pidgeon.[5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O casal Edna e Sam Gladney têm um bebê, que falece logo após Edna descobrir que não poderá engravidar de novo. Ela, então, passa a se dedicar ao orfanato Texas Children’s Home and Aid Society, que abriga filhos de mães solteiras. Na esfera política, Edna luta para tirar o estigma de "ilegítimas" aplicado pela Lei a essas crianças.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia Oscar Melhor Filme
Melhor Atriz (Greer Garson)
Melhor Fotografia (em cores)
Melhor Direção de Arte
Indicado
Indicado
Indicado
Vencedor

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Greer Garson Edna Gladney
Walter Pidgeon Sam Gladney
Felix Bressart Doutor Max Breslar
Marsha Hunt Charlotte
Fay Holden Senhora Kahly
Samuel S. Hinds Senhor Kahly
Kathleen Howard Senhora Keats
George Lessey Senhor Keats
William Henry Allan Keats
Henry O'Neill Juiz
John Eldredge Damon
Clinton Rosemond Zeke
Theresa Harris Cleo
Charles Arnt G. Harrington Hedger
Cecil Cunningham Senhor Gilworth

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Blossoms in the Dust (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  2. EAMES, John Douglas, The MGM Story, Londres: Octopus Books, 1982 (em inglês)
  3. FINLER, Joel W., The Movie Directors Story, Nova Iorque: Crescent Books, 1985 (em inglês)
  4. ERICKSON, Hal. «Blossoms in the Dust». AllMovie. Consultado em 13 de janeiro de 2014 
  5. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]