Branca de Artois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Branca de Artois
Condessa de Lencastre
Rainha Consorte de Navarra
Condessa Consorte de Champanhe
Reinado 4 de dezembro de 127022 de julho de 1274
Regente de Navarra
Reinado 12741284
 
Cônjuge Henrique I de Navarra
Edmundo de Lencastre
Casa Artois (por nascimento)
Blois (por casamento)
Plantageneta (por casamento)
Nascimento 1248
  Arras-en-Lavedan, Altos Pirinéus, França
Morte 2 de maio de 1302 (54 anos)
  Paris, França
Enterro Convento de Minoresses, Aldgate, Londres, Inglaterra[1]
Pai Roberto I de Artois
Mãe Matilde de Brabante

Branca de Artois (em francês: Blanche, em espanhol: Blanca; Arras-en-Lavedan, 1248Paris, 2 de maio de 1302), foi rainha consorte de Navarra como esposa de Henrique I. Ela foi regente de sua filha Joana I de Navarra, de 1274 a 1284, também reinando sobre os condados de Brie, Champanhe, Meaux e Troyes.

Família[editar | editar código-fonte]

Branca foi a filha do Conde Roberto I de Artois e de Matilde de Brabante. Era irmã integral de Roberto II de Artois, e tinha vários irmãos por parte de mãe apenas.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiro casamento[editar | editar código-fonte]

Branca se casou com Henrique I de Navarra por dispensa papal antes de fevereiro de 1269.

No ano seguinte se tornou Rainha de Navarra e Condessa de Champanhe. O rei Henrique morreu em Pamplona, em 22 de julho de 1274, e foi enterrado na Catedral de Pamplona.

Joana I de Navarra, Soberana de Navarra.

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Se tornou a segunda esposa de Edmundo de Lencastre, 1.° Conde de Lencastre, filho de Henrique III de Inglaterra e Leonor da Provença, com quem se casou em Paris, em 3 de fevereiro de 1276.[2]

Edmundo morreu em Bayonne, em 5 de junho de 1296, e foi enterrado na Abadia de Westminster, em Londres.

Branca faleceu em Paris, na data de 2 de maio de 1302, tendo sido enterrada no Convento de Minoresses, em Londres.

Descendência[editar | editar código-fonte]

De seu primeiro casamento:

De seu segundo casamento:

Através de sua neta Isabel, Rainha de Inglaterra, Branca é ancestral de Eduardo III de Inglaterra, pai de Eduardo, o Príncipe Negro, pai de Ricardo II de Inglaterra, que não teve descendência.

Branca também é ancestral de Joana II de Navarra, Rainha Soberana de Navarra, filha de seu neto Luís X de França. Pela linhagem de Joana: Carlos II de Navarra, Maria de Navarra, Branca de Navarra, Rainha Consorte de França, entre outros.

Através de Henrique de Grosmont, 1.º Duque de Lancaster, pai de Branca de Lencastre que era casada com o filho de Eduardo III de Inglaterra, João de Gante, seu sangue aparece na Família Real Portuguesa, sendo Filipa de Lencastre, consorte de Portugal, filha de João e Branca, tendo ela gerado o herdeiro ao trono, Duarte I de Portugal, da Dinastia de Avis, pai de Leonor de Portugal, Imperatriz do Sacro Império Romano-Germânico, que era mãe do Imperador Maximiliano I de Habsburgo, cujo filho era Filipe I de Castela, rei jure uxoris, pai de rainhas de França, Portugal, Dinamarca, Hungria e de Carlos I de Espanha, também Imperador.

Precedida por:
Isabel de França
Coat of Arms of Blanche of Artois, Queen Consort of Navarre.svg
Rainha Consorte de Navarra
Condessa Consorte de Champanhe

4 de dezembro de 127022 de julho de 1274
Sucedida por:
Margarida da Borgonha
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Branca de Artois

Referências