Cédula de dez reais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cédula de dez reais
Dimensões 140 x 65 mm (primeira família)
135 x 65 (segunda família)
Cor Carmim[1]
Lançamento 1 de julho de 1994
Relançamento 1997
23 de julho de 2012 (2ª família)
Fabricante Casa da Moeda do Brasil
Sítio do fabricante www.casadamoeda.com.br
Anverso
10 Brazil real Second Obverse.jpg
Reverso
10 Brazil real Second Reverse.jpg

A cédula de dez reais (R$ 10,00) começou a ser produzida pela Casa da Moeda do Brasil a partir do dia 1º de Julho de 1994, quando o Plano Real veio a substituir a moeda então em vigor.

Esta cédula foi a mais emitida de toda a história do Brasil, sendo que foram lançadas até o momento cerca de 7 bilhões de cédulas neste valor.

Principais características da cédula[editar | editar código-fonte]

Estampas da primeira versão[editar | editar código-fonte]

A (1994-1997)[editar | editar código-fonte]

Esta estampa foi emitida pela Casa da Moeda do Brasil, sendo lançada em circulação no dia 1º de Julho de 1994, quando o Real entrou em circulação.

Estas cédulas, que tinham os mesmos elementos de segurança compartilhados entre todos os valores, deixaram de ser emitidas em 1997 por conta de recorrentes falsificações.

B (1994)[editar | editar código-fonte]

Estas cédulas tem as mesmas características da Estampa A, no entanto foram emitidas pela Thomas De La Rue, uma das empresas que deu suporte na emissão inicial das cédulas do padrão.

C (1997-2012)[editar | editar código-fonte]

Em 1997, começaram a entrar em circulação as novas cédulas de 10 reais, emitidas pela Casa da Moeda do Brasil e que tinham como diferenças em relação as cédulas anteriores o fato de o papel ser mais fino, bem como mudanças na marca d'água, que passou a ser a bandeira nacional.

As cédulas antigas foram sendo substituídas, sendo que raramente se encontram exemplares das estampas anteriores em circulação.

D (2000)[editar | editar código-fonte]

Em homenagem aos 500 anos do Descobrimento do Brasil, o BCB lançou uma cédula especial. Em 24 de abril de 2000, foi lançada a cédula comemorativa de 10 reais, contendo a efígie de Pedro Álvares Cabral, o mapa "Terra Brasilis", um trecho da carta de Pero Vaz de Caminha e uma rosa dos ventos, além de cinco naus da expedição de Cabral, elementos decorativos de azulejos portugueses, linhas sinuosas e representações da Cruz da Ordem de Cristo, todos temas alusivos ao Descobrimento do Brasil.[2]

Esta cédula foi emitida experimentalmente em polímeros e emitida com motivos diferentes das cédulas anteriores do padrão real e emitida apenas no ano de 2000.

Por este motivo, são raros os exemplares desta cédula que ainda estejam em circulação.

Anverso Reverso Valor Ano Material Descrição
10 real "500 Years Discovery of Brazil" Commemorative Issue Obverse.jpg 10 real "500 Years Discovery of Brazil" Commemorative Issue Reverse.jpg 10 reais 2000 Polímero (plástico) Frente: Efígie de Pedro Álvares Cabral, descobridor do Brasil.
Reverso: Versão estilizada do mapa do Brasil, com quadros ressaltando a pluralidade étnica e cultural do país.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cédula de R$ 10,00 - Cor predominante: carmin Site Banco Central - acessado em 21 de maio de 2018
  2. Ricardo Orlandini (24 de Abril de 2000). «É lançada no Brasil uma cédula comemorativa de 10 reais». sítio oficial. Consultado em 27 de Novembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.