Cachao López

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cachao López
Informação geral
Nome completo Israel López Valdés
Também conhecido(a) como Cachao
Nascimento 14 de setembro de 1918
Local de nascimento Antiga Havana, Havana
Cuba
Morte 22 de março de 2008 (89 anos)
Local de morte Coral Gables, Flórida
Nacionalidade cubano
Gênero(s)
Ocupação(ões) músico e compositor
Instrumento(s) Contrabaixo
Período em atividade 1928-2008
Gravadora(s) Panart Records, Kubaney, Maype, Salsoul, EMI
Afiliação(ões) Orestes López, Arcaño y sus Maravillas, Andy García
Página oficial israelcachaolopez.com

Israel López Valdés (Havana, 14 de setembro de 1918Coral Gables, 22 de março de 2008), amiúde conhecido simplesmente como Cachao, foi um músico e compositor cubano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Converteu-se numa lenda da música cubana com seu magistral manejo do baixo e destacou pelas suas actuações musicais no mambo e o jazz latino. Seu talento levou-o a obter uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, e tem sido descrito como "o inventor do mambo". Considerava-se um mestre da descarrega (improvisações em vivo).

"Cachao" saiu de Cuba em 1962 com uma longa lista de êxitos e assegurou numa entrevista concedida em 2007 que se não fosse pelo seu compatriota e amigo Dámaso Pérez Prado "não se houvera escutado o mambo mundialmente". Sua primeira parada foi Madrid, onde permaneceu um ano antes de emigrar a Nova Iorque.

López tocava o baixo acústico com seu irmão, o multi-instrumentista Orestes López. Ambos compuseram literalmente mais de 3.000 canções juntos e foram moi influentes na música cubana desde os anos 1930 à década de 1950. Criaram o "novo ritmo" a finais dos anos 1930, que transformou o danção mediante a introdução de ritmos africanos na música cubana, que levou ao mambo.

Ganhou vários prémios Grammy tanto pelo seu proprio trabalho e as suas contribuções em álbuns de estrelas da música latina, incluindo a Gloria Estefan. Em 1995, ganhou um Grammy por Master Sessions Volumen 1. Em 2003, ganhou um Grammy Latino ao Melhor Álbum Tropical Tradicional Latina junto com Bebo Valdés e Patato por El Arte Del Sabor. Volveu ganhar um Grammy em 2005 pelo seu trabalho ¡Ahora Sí!.

Seu sobrinho, Orlando "Cachaíto" López converteu-se num dos pilares do famoso Buena Vista Social Club.

Cachao tocou com artistas como Tito Puente, e a sua música aparecera en películas como A gaiola das tolas, e a banda sonora do video-xogo Grand Theft Auto: Vice City. O actor Andy García produziu um documentário titulado Cachao … Como Su Ritmo No Hay Dos em 1993 sobre a sua música. Também compartiu cenários com Celia Cruz e o seu esposo Pedro Knight, assim como com o trombonista Generoso Jiménez. Sua última colaboração musical realizou-na com Gloria e Emilio Estefan no álbum da cantante titulado 90 Millas.

López morreu com a idade de 89 anos, vítima de uma doença renal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]