Cairn terrier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cairn terrier
Nome original Cairn Terrier
País de origem Escócia
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 3 - Terriers
Seção 2 - Terriers de pequeno porte
Estalão #4 - 24 de junho de 1987

Cairn terrier[Nota], originário da Escócia, é uma raça de cães do tipo terrier, antes chamada de skye terrier de pelo curto. Considerada dócil, apesar de ousada, e que não requer muitos cuidados, seu nome atual foi inspirado em sua função de afugentar pragas e pequenas caças escondidas nas pilhas de pedras denominadas cairns. Classificados como animais alegres, travessos, teimosos e dominantes, adaptam-se facilmente a famílias que vivem tanto no campo quanto na cidade e cujos membros sejam ativos. De pelagem dupla, dura, felpuda e de cores variadas, tem o corpo quadrado e robusto. Com predileção por latir, é um cão de fácil adestramento, apesar de precisar ser supervisionado em um primeiro contato com uma criança. Entre os cães mais famosos desta raça está Totó, companheiro de Dorothy em O Mágico de Oz.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fogle (2009), pág 83

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Cairn terrier


Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.