Carlinhos Patriolino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlinhos Patriolino
Informação geral
Nascimento 19 de dezembro de 1961 (56 anos)
Origem Sobral, CE
País  Brasil
Gênero(s) jazz
bossa Nova
choro
MPB
baião
instrumental
Instrumento(s) Bandolim
Violão
Guitarra
guitarra baiana
violão tenor
Página oficial www.carlinhospatriolino.com.br

Carlinhos Patriolino (Sobral, 19 de dezembro de 1961) é um multi-instrumentista, arranjador e compositor brasileiro.

Filho do compositor Carlos Patriolino e dona Teresinha Damasceno de Albuquerque, Carlinhos começou a tocar por influência do pai, aos seis anos, quando presenteado com um violão. Aos treze anos, Carlinhos já dominava quatro instrumentos de cordas (violão, bandolim, cavaco e guitarra) destacando-se como um exímio solista. Autodidata e de talentos múltiplos, Carlinhos Patriolino é hoje um dos principais nomes da música instrumental brasileira[1]

Sua carreira é marcada por grandes apresentações, tocou e gravou ao lado de vários cantores e instrumentistas consagrados da MPB como Emílio Santiago, Wilson Simonal, Altamiro Carrilho, Belchior, Paulinho Moska, Sivuca, Sandra de Sá, Ednardo, Fausto Nilo, Zélia Duncan, Chico César, Alcione, Amelinha, Orlando Morais e Paulo Moura, entre outros.

Cita como as principais influências musicais Pat Metheny, Jaco Pastorius, Pixinguinha, Macaúba do Bandolim, Joe Pass e Marcio Resende.

Talentoso e versátil, reconhecido pela crítica por sua musicalidade ímpar[2], Carlinhos Patriolino vem dedicando-se ao trabalho autoral onde passeia por gêneros e ritmos com destreza e muita personalidade, sua virtuose pode ser conferida em seus últimos trabalhos autorais: “Rabisco” e “Sambopeando” [3], este último realizado em parceria com o pianista João Braga.

Em 2012 foi homenageado pelo II Festival Ceará Instrumental.[4][5]


Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1998 - Carlinhos Patriolino & Tarcísio Sardinha
  • 1999 - Rabisco
  • 2001 - "CE | Brazuka"
  • 2006 - Sambopeando (com João Braga)[6]
Participações especiais
  • 1985 - LP Sandra de Sá - Sandra de Sá
  • 1990 - Songbook Antônio Carlos Jobim vol. 2[7]
  • 1994 - Zélia Duncan - Zélia Duncan[8]
  • 1996 - Cuzcuz Clã - Chico César
  • 1997 - Songbook Djavan vol. 1[9]
  • 2002 - Perfil – Emílio Santiago
  • 2004 - Verso e Voz – Ao Vivo – Fausto Nilo
  • 2006 - Terra da Luz - Ednardo[10]
  • 2012 - Herivelto Martins 100 Anos
  • 2013 - DVD Evaldo Gouveia
Participação em trilhas de telenovelas e filmes

Prêmios e participações[editar | editar código-fonte]

  • Movimento Massafeira Livre - Participação - 1979[11]
  • Prêmio melhor Instrumentista de Cordas (Instrumento Acústico) do Prêmio Nelsons da Música Cearense de 2000
  • Prêmio Nelsons da Música Cearense de 2000, melhor músico nas categorias Compositor de Música Instrumental - 2001[12]
  • Vencedor do troféu Cata-Vento na categoria melhor CD Instrumental com o CD “Sambopeando” pela Rádio Cultura de São Paulo - 2007[13]
  • Turnê na Europa - 2007
  • Festival Raval All Stars - Barcelona - 2008
  • Convidado pela Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará – UECE para solar Suíte Retratos do compositor Radamés Gnattali - 2012[14]
  • Festival Choro Jazz Jericoacoara - 2012[15]
  • Abertura do Festival Música na Ibiapaba - 2012 [16]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]