Carlos Dionísio de Brito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dionísio
Dionísio
Dionísio
Informações pessoais
Nome completo Carlos Dionísio de Brito
Data de nasc. 9 de julho de 1947
Local de nasc. Corumbá (MS),  Brasil
Nacionalidade brasileiro
Falecido em 24 de setembro de 2014 (67 anos)
Local da morte Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Apelido Bode Atômico
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1967–1971
1971
1971–1972
1973
1974
1975–1977
Brasil Flamengo
Brasil Bahia
Brasil Flamengo
Brasil Fluminense
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Americano
Seleção nacional
1968 Brasil Brasil

Carlos Dionísio de Brito, mais conhecido como Dionísio (Corumbá, 9 de julho de 1947Rio de Janeiro, 24 de setembro de 2014), foi um futebolista brasileiro que atuava como atacante.[1][2]

Defendeu o Flamengo entre 1967 e 1972, com 164 partidas, destas 75 vitórias, 50 empates, 39 derrotas. Durante este período foram 62 gols e os títulos da Taça Guanabara de 1970 e o Campeonato Carioca de 1972, entre outros.[3]

Em 1973, se transferiu para o Fluminense onde conquistou o Campeonato Carioca de 1973, justamente contra o Rubro-Negro na decisão, onde marcou um gols (o quarto) da vitória tricolor por 4–2. No Fluminense foram 58 jogos e 34 gols.[3]

Ganhou o apelido de "Bode atômico", pela impulsão e a cabeçada muito forte, mesmo não tendo estatura elevada.[4]

Morreu em 24 de setembro de 2014 de infarto agudo do miocárdio, em seu apartamento, no Rio de Janeiro. Era casado, tinha dois filhos e dois netos.[5][6][3][4]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fonte: [2]

Flamengo
Fluminense
  • Campeonato Carioca: 1973
Americano
  • Campeonato de Campos dos Goytacazes: 1975
Seleção Brasileira
  • Torneio Pré-Olímpico: 1968

Referências

  1. «Dionísio». Sambafoot.com. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  2. a b «Carlos Dionísio de Brito». Flapédia. 30 de junho de 2014. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  3. a b c «Ex-Flamengo, Dionísio morre aos 66 anos no Rio de Janeiro». GloboEsporte.com. 24 de setembro de 2014. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  4. a b Rozenberg, Marcelo. «Dionísio, o Bode Atômico». Terceiro Tempo. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  5. «Luto! Encontrado morto no Rio Dionísio, ex-atacante da dupla Fla-Flu». Futebol Interior. 24 de setembro de 2014. Consultado em 25 de setembro de 2014 
  6. «Dionísio, ex-Flamengo, morre aos 66 anos no Rio de Janeiro». Lance!. 24 de setembro de 2014. Consultado em 25 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]