Carriers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carriers
Cartaz promocional
No Brasil Vírus
Em Portugal Pandemia
 Estados Unidos
2009 •  cor •  85 min 
Direção Àlex Pastor
David Pastor
Produção Anthony Bregman
Ray Angelic
Roteiro Àlex Pastor
David Pastor
Elenco Lou Taylor Pucci
Chris Pine
Piper Perabo
Emily VanCamp
Christopher Meloni
Gênero ficção científica
suspense
terror
Música Peter Nashel
Brick Garner
Cinematografia Benoît Debie
Direção de fotografia Benoît Debie
Diretor de iluminação Joe Bacharka
Direção de arte Clark Hunter
Figurino Jill Newell
Edição Craig McKay
Companhia(s) produtora(s) Likely Story
This Is That
Distribuição Paramount Vantage (Estados Unidos)
PlayArte Filmes (Brasil)
Zon Lusomundo Audiovisuais (Portugal)
Lançamento Estados Unidos 4 de setembro de 2011
Portugal19 de novembro de 2009
Brasil5 de março de 2010
Idioma inglês
Receita US$5,8 milhões[1]
Site oficial

Carriers (bra: Vírus[2]; prt: Pandemia[3]) é um filme de ficção científica, suspense e terror estadunidense de 2009, dirigido por Àlex Pastor e David Pastor.[2]

Com uma trama que se passa num cenário pós-apocalíptico, quando o mundo é tomado por um vírus que devastara quase toda a população, o filme tem no elenco Lou Taylor Pucci, Chris Pine, Piper Perabo e Emily VanCamp como quatro sobreviventes de uma pandemia viral tentando evitar a ameaça iminente de se infectarem. Filmado em 2006, recebeu um lançamento limitado nos Estados Unidos em 4 de setembro de 2009, após o excelente desempenho de Pine em Star Trek no início daquele ano. Recebeu críticas positivas dos críticos de cinema e arrecadou US$5,8 milhões.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um vírus infeccioso se espalhou pelo mundo, matando a maioria da população. Dois irmãos, Brian e Danny, junto com a namorada de Brian, Bobby, e a amiga de Danny, Kate, vão para Turtle Beach, no sudoeste dos Estados Unidos, um motel de praia isolado, onde acreditam que podem esperar a pandemia viral desaparecer e, eventualmente, começar uma nova vida. Para ajudá-los a sobreviver, eles seguem um conjunto de regras criadas por Brian.

A caminho da praia, o grupo encontra o sobrevivente Frank e sua filha infectada Jodie, cujo veículo ficou sem gasolina. Os quatro escapam de Frank quando ele os ataca, mas o carro deles quebra e eles são forçados a ajudar Frank e Jodie para que possam usar seu veículo. Por insistência de Frank, eles viajam para uma escola secundária nas proximidades, onde há rumores de que um soro para a pandemia foi desenvolvido. Ao chegar, Frank, Brian, Danny e Kate descobrem que o soro não funciona, e o último médico restante está se preparando para sacrificar um grupo de crianças infectadas e ele próprio. Enquanto isso, Bobby é infectado por Jodie e esconde a infecção dos outros. Mais tarde, Frank é forçado a levar Jodie para um banheiro, dando a Brian a oportunidade de deixá-los para trás e pegar seu veículo.

O grupo então pára em um hotel que, desconhecido para eles, está sendo usado como base por sobreviventes armados. Quando os sobreviventes retornam, eles emboscam o grupo e declaram sua intenção de manter as meninas. Forçando Bobby e Kate a se despir para verificar se estão infectados, os sobreviventes descobrem que Bobby está infectado e os mandam embora. Com a infecção de Bobby revelada ao resto do grupo, Brian a força a sair.

Como eles ficam com pouco combustível, Brian mata duas mulheres para desviar o veículo, mas sofre um ferimento de bala no processo. Enquanto trata a lesão de seu irmão, Danny descobre que Brian está infectado. Naquela noite, Danny tenta deixar Brian para trás, mas Brian leva as chaves do veículo deles. Determinado a não morrer sozinho do vírus, Brian se recusa a entregar as chaves e pede que Danny o mate. Deixado sem outra opção, Danny atira em Brian até a morte. Danny e Kate chegam a Turtle Beach na manhã seguinte, mas Danny percebe que sem o irmão, o lugar que parecia tão especial para eles quando crianças agora está vazio.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Filmado no Novo México e no Texas no final de 2006, Carriers não foi lançado pela Paramount Vantage até setembro de 2009, após o sucesso da aparição de Pine em Star Trek, lançado no início de 2009.[4][5]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Carriers foi lançado em 4 de setembro de 2009, nos cinemas dos EUA.[6] O DVD foi lançado em 29 de dezembro de 2009.[7] Ele arrecadou US$ 908 mil nos EUA e US$ 5,8 milhões em todo o mundo.[1]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Kiernan Shipka foi nomeada para 'Melhor Performance de Longa-Metragem - Melhor Atriz Coadjuvante' no Young Artist Awards 2010.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Carriers recebeu críticas mistas a positivas e detém uma classificação de 'Fresh' de 68% no Rotten Tomatoes com base em 37 avaliações. O filme foi elogiado por sua história, tema e atuação, com críticas voltadas para o seu final. [8]

Paul Chambers, da CNN Radio, disse: "Um pouco mais realista do que um filme de zumbi. Alguns vírus renegados podem tornar o mundo uma 'sobrevivência da provação mais forte'. Uma história muito interessante com algumas boas revelações". Charles Cassady, da Common Sense Media, disse: "Melancolia, não emoções, no drama de ficção científica da praga mundial".[9]

Referências

  1. a b «Carriers» (em inglês). no Box Office Mojo 
  2. a b «Vírus». Brasil: CinePlayers. Consultado em 17 de novembro de 2020 
  3. «Pandemia». Portugal: SapoMag. Consultado em 17 de novembro de 2020 
  4. Chrissinger, Craig W. (setembro de 2009). «Carriers of the wasteland». Fangoria (286). New York. p. 32 
  5. «Carriers». HorrorMovies.ca. Consultado em 13 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 12 de setembro de 2009 
  6. Uncle Creepy (7 de dezembro de 2009). «Exclusive Clip: Carriers». Dread Central. Consultado em 13 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 3 de outubro de 2012 
  7. Uncle Creepy (3 de novembro de 2009). «Carriers Carried to DVD this December». Dread Central. Consultado em 13 de agosto de 2019. Cópia arquivada em 5 de novembro de 2009 
  8. «Carriers (2009)». Rotten Tomatoes. Consultado em 1 de novembro de 2018 
  9. Carriers on Rotten Tomatoes, Rotten Tomatoes, consultado em 16 de setembro de 2011 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.