Cetanserina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cetanserina
Alerta sobre risco à saúde
Ketanserin.png
Nome IUPAC 3-{2-[4-(4-fluorobenzoyl)piperidin-1-yl]ethyl}quinazoline-2,4(1H,3H)-dione
Identificadores
Número CAS 74050-98-9
PubChem 3822
Código ATC C02KD01,QD03AX90
DCB n° 01940
Propriedades
Fórmula química C22FN3O3
Massa molar 373.24 g mol-1
Farmacologia
Via(s) de administração via oral[1]
Meia-vida biológica 17 horas[1]
Excreção renal[1]
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Cetanserina é um fármaco da classe dos anti-hipertensivos e antagonista dos receptores de serotonina 5-HT2.[2] É indicado nas vasculopatias, doença de Raynaud e hipertensão leve e moderada. Antagoniza os receptores de serotonina de forma seletiva.[1] Sua ação foi descoberta por investigadores da Janssen Pharmaceutica em 1980.[3]

Reações adversas[editar | editar código-fonte]

O fármaco é considerado bem tolerado na maioria dos pacientes e não apresenta reações adversas significativas. Foram registrados alguns sintomas na sua utilização como boca seca, fadiga, náuseas e diarreias.[1]

Notas e referências

  1. a b c d e P.R.Vademecum. «Cetanserina». Consultado em 16 de junho de 2010 
  2. ERDMANN, W. The Pain Clinic I. Utrecht: Science Press, 1985
  3. ROTH, Bryan L. The serotonin receptors: from molecular pharmacology to human therapeutics. New Jersey: Humana Press, 2006