Cláudia de Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cláudia de Campos
Retrato
Nascimento 28 de janeiro de 1859
Sines, Portugal
Morte 30 de dezembro de 1916
Lisboa,Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação Poetisa

Cláudia de Campos (28 de Janeiro de 1859 a 30 de dezembro de 1916)[1] foi uma poetisa e feminista portuguesa. Foi membro da Direcção da Secção Feminista da Liga Portuguesa da Paz e Vogal do Comité Português da La Ligue et le Désarmément par les Femmes[1].

Assinava como Colette e Carmen Silva[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cláudia de Campos era filha de Francisco António de Campos e Maria Augusta da Palma de Campos[1]. Nasceu em Sines a 28 de janeiro de 1859. Seu avô, Jacinto da Palma foi Guarda-Mor de saúde do Porto de Sines.

Em 1875 casou com Joaquim d'Ornelas e Matos. Passados 13 anos, em 1888, separa-se judicialmente[1]. Desta relação, resultam dois filhos[1].

Foi uma estudiosa de Eça, Quental, Herculano e Castilho.

Especializou-se em Estudos Ingleses no Colégio de Mrs Kutle e legou-nos um mauscrito sobre Shelley. Era fluente em francês e português[1].

Obras[1][editar | editar código-fonte]

Obras manuscritas[editar | editar código-fonte]

  • Shelley

Obras Impressas[editar | editar código-fonte]

Colaboração em publicações periódicas [editar | editar código-fonte]

  • A Leitura (1894-1896)
  • A Sociedade do Futuro (1902-1904)
  • "Shelley" Jornal da Mulher
  • "A esphinge (excerto)" Almanaque das Senhoras Portuguesas e Brasileiras para 1898, Lisboa, Tipografia de Sousa Filho, 1897, p. 275
  • India (número único), Lisboa, Tipografia da Companhia Nacional Editora, Largo do Conde Barão, 1898
  • "Nuvens" O Século, suplemento de Natal, Lisboa, 1898, pp. 3-5

Tradução[editar | editar código-fonte]

  • "Portugal visto por um Extrangeiro. Edgar Prestage" Sociedade Futura, nº 14, 1 Dezembro, 1902

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e f g h «Cláudia de Campos». "Escritoras em Português" - Projeto FLUL. Consultado em 6 de outubro de 2017 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]