Cola di Rienzo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cola di Rienzo
Nascimento 1313
Roma
Morte 8 de outubro de 1354 (41 anos)
Roma
Cidadania Estados Pontifícios
Ocupação político
Estátua de Cola di Rienzo na Cordonata do Capitólio de Roma.

Nicola di Rienzo ou Cola di Rienzo (Roma, 1313Roma, 8 de outubro de 1354) foi um humanista, político romano, excelente orador que foi eleito notário papal pelo Papa Clemente VI.

Admirado pela massa, tornou-se líder de Roma, embora recusasse o título de rei. Em 1347, proclamou Roma como a capital sagrada da Itália, dando cidadania a todos os residentes da península e procurando unir as demais comunas para a eleição de um novo imperador.

Suas ações enfureceram o papa Clemente VI, que o excomungou. Após uma série de batalhas, se refugiou em Nápoles e depois em Praga, onde foi prisioneiro de Carlos IV da Germânia que o entregou ao Papa.

Com a morte do papa Clemente VI, o novo Papa Inocêncio VI o libertou do cativeiro. Junto com o Cardeal de Albornoz, retornou à Itália com o título de senador de Roma. Porém pouco depois, seus mandos e desmandos enfureceram os romanos, o que resultou numa revolta em 1354, onde ele foi morto.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]