Colomano da Hungria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Colomano da Hungria
Nascimento 1070
Székesfehérvár
Morte 3 de fevereiro de 1116 (46 anos)
Székesfehérvár
Sepultamento basílica de Székesfehérvár
Cidadania Hungria
Progenitores Pai:Géza I da Hungria
Cônjuge Felícia da Sicília, Eufêmia de Kiev
Filho(s) Estêvão II da Hungria, Boris Kalamanos, Sofia da Hungria
Irmão(s) Álmos da Croácia
Ocupação político
Religião cristianismo

Colomano (Kálmán, em húngaro) (Székesfehérvár, 1070 – Székesfehérvár, 3 de fevereiro de 1116) foi rei da Hungria de 1095 até a sua morte. Era filho de Géza I da Hungria[1] e de Sinodia, princesa bizantina, filha de Théodolus Synadène.

Seu irmão Almo da Croácia (? — 1129) tentou por diversas vezes tomar o trono, sem sucesso, e terminou por receber uma sentença real de cegueira, juntamente com seu filho Bela.

Devido aos seus anos de estudo, recebeu o epíteto Könyves em húngaro (literalmente, "livresco"; em tradução livre, "ama-livros" ou simplesmente "sábio").

Árvore genealógica da Casa de Arpades[editar código-fonte]

Ver artigo principal: Casa de Arpades

Referências

Precedido por
Ladislau
Rei da Hungria
1095-1116
Sucedido por
Estêvão II
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Colomano da Hungria